Listas

20 celebridades mais bem pagas da Europa em 2017

O ranking das celebridades mais bem pagas da Europa neste ano é liderada pela escritora J.K. Rowling, com ganhos de US$ 95 milhões; seguida pelo jogador Cristiano Ronaldo, que faturou US$ 93 milhões. Juntas, as 20 celebridades mais bem-pagas da Europa ganharam US$ 1,06 bilhão em 12 meses, sem impostos e custos de gestão.

LEIA TAMBÉM: As 10 atrizes mais bem pagas do mundo em 2017

As estimativas levam em conta o faturamento entre 1º de junho de 2016 e 1º de junho de 2017 e não consideram taxas pagas a agentes, empresários e advogados. O cálculo é baseado em números das empresas IMDB, Nielsen, NPD Bookscan e Pollstar, assim como em entrevistas com especialistas da indústria e, em muitos casos, com as próprias estrelas.

Veja, na galeria de fotos abaixo, as 20 celebridades mais bem pagas da Europa em 2017:

  • 20. Zlatan Ibrahimovic
    Jogador de futebol
    País: Suécia
    Ganhos: US$ 32 milhões

    O atacante migrou da Nike para a Adidas e voltou para a Nike ao longo da temporada passada e as negociações continuaram com ambos os contratos de patrocínio. A falta de um patrocinador de longo prazo fez com que os ganhos do atleta diminuíssem. Entretanto, seu acordo de um ano com o Manchester United bastou para recuperar qualquer perda relacionada à essa área. Os US$ 27 milhões ganhos no Old Trafford foram fortemente baseados nos gols marcados. Ibrahimović terminou a temporada com 17 deles e com o título de maior marcador do clube. No último verão norte-americano, a estrela lançou sua própria marca de roupas esportivas.

  • 18. Conor McGregor
    Lutador de MMA
    País: Irlanda
    Ganhos: US$ 34 milhões

    A estrela do UFC lutou duas vezes no período avaliado, incluindo o protagonismo em duas das três maiores lutas do UFC no pay-per-view. O UFC 202, no qual McGregor derrotou Nate Diaz, registrou recorde de 1,6 milhão em vendas. Três meses depois, McGregor venceu Eddie Alvarez no UFC 205, com 1,3 milhão de pessoas tendo comprado o direito de assistir à luta. O irlandês fechou novos acordos de marketing com a Anheuser-Busch e a Beats by Dre na primavera de 2017.

  • 18. Gareth Bale
    Jogador de futebol
    País: Reino Unido
    Ganhos: US$ 34 milhões

    Bale foi titular em apenas 27 partidas da La Liga na mais recente temporada depois de uma cirurgia no tornozelo e de uma lesão na panturrilha, que o deixou afastado nas últimas seis semanas da competição. Como resultado, o futuro de seu contrato de renovação de seis anos com o Real Madrid, que valeria até 2021, está sendo questionado.

  • 17. Fernando Alonso
    Piloto
    País: Espanha
    Ganhos: US$ 36 milhões

    Um dos pilotos com mais conquistas na história da Fórmula 1, Alonso arrecada mais de US$ 30 milhões anualmente apenas com seu contrato de três anos. Ele não participou do Grande Prêmio de Mônaco para competir na Indy 500 no final de semana do feriado norte-americano do Memorial Day. A participação de Alonso deu à corrida uma dose extra de atenção e ele embolsou aproximadamente US$ 300.000 com a viagem. A renda do piloto espanhol fora das pistas vem de acordos de patrocínio com Citi, Pirelli e Kimoa. As 32 vitórias que teve em sua carreira o classificam como o sexto melhor de todos os tempos entre os pilotos de F1.

  • 16. Ed Sheeran
    Músico
    País: Reino Unido
    Ganhos: US$ 37 milhões

    Depois de um 2016 tranquilo, Sheeran entrou em 2017 com um novo álbum, Divide, do qual dois singles quebraram recordes no Spotify com um total de 13 milhões de streams em apenas 24 horas. Agora, ele está esgotando os ingressos dos shows que fazem parte de uma grande turnê global.

  • 15. Novak Djokovic
    Tenista
    País: Sérvia
    Ganhos: US$ 37,6 milhões

    Depois de vencer seis de oito eventos Grand Slam entre 2014 e 2016, Djokovic fracassou ao tentar levantar o troféu em quatro Slam consecutivos. Como resultado, seus ganhos em quadra caíram de US$ 12 milhões para US$ 9 milhões e Djokovic não conseguiu ganhar o grande bônus que acompanha os títulos Slam. O sérvio foi o primeiro jogador de tênis a ganhar US$ 20 milhões em dinheiro em forma de prêmio em uma temporada – feito conquistado em 2015.

  • 14. Sebastian Vettel
    Piloto
    País: Alemanha
    Ganhos: US$ 38,5 milhões

    Vettel está no último ano de seu contrato de 36 meses com a Ferrari, que paga a ele aproximadamente US$ 40 milhões por temporada. Embora não tenha ganho uma corrida no ano passado, o piloto alemão se tornou uma grande estrela em 2017.

  • 13. Tiësto
    Músico
    País: Holanda
    Ganhos: US$ 39 milhões

    O DJ holandês de 48 anos continua a superar estrelas da música eletrônica com metade de sua idade. Tiësto consegue isso ao fazer um número estrondoso de apresentações: foram 134 apenas no período avaliado.

  • 12. Simon Cowell
    Personalidade
    País: Reino Unido
    Ganhos: US$ 43,5 milhões

    Embora o magnata do mundo da música ainda mantenha contratos entre sua gravadora Syco e grandes nomes do pop – como as bandas Fifth Harmony e Little Mix -, a maioria de seu dinheiro vem do fato de ele ser ele mesmo. Cowell é jurado nos programas “Britain’s Got Talent”, “America’s Got Talent” e “X-Factor: Reino Unido”, que lhe rendem ganhos de oito dígitos.

  • 11. Lewis Hamilton
    Piloto
    País: Reino Unido
    Ganhos: US$ 46 milhões

    Hamilton ganhou 10 corridas da temporada 2016 da Fórmula 1. O piloto britânico está no meio de um contrato de três anos de duração que começou no ano passado. É provável que ele arrecade mais de US$ 120 milhões, incluindo bônus. Hamilton ganhou seu terceiro título na F1 em 2015. Ele é um dos representantes do esporte mais financiados por marketing, com acordos de patrocínio com as marcas IWC, Monster Energy, L’Oreal, Bose, Puma, MV Agusta Motorcycles e Bombardier Recreational Products.

  • 10. Calvin Harris
    Músico
    País: Reino Unido
    Ganhos: US$ 48,5 milhões

    O DJ mais bem pago da lista continua a receber milhões por suas apresentações em Las Vegas, aumentando sua renda ao protagonizar festivais de música por cachês que chegam a sete dígitos.

  • 9. Rory McIlroy
    Jogador de golfe
    País: Reino Unido
    Ganhos: US$ 50 milhões

    Mcllroy ganhou dois eventos durante as partidas eliminatórias do PGA Tour, incluindo a Tour Championship, que lhe rendeu a FedEx Cup e um bônus de US$ 10 milhões. O jogador de golfe continua sendo uma estrela financiada pelo marketing. A Nike assinou uma extensão de contrato de 10 anos para vestuário (a empresa deixou o ramo de equipamentos de golfe em 2016). Ele também também fechou um acordo de longo prazo com a TaylorMade, de equipamentos de golfe, em 2017. Mcllroy substituiu Tiger Woods como o rosto do videogame de golfe da Electronic Arts em 2015.

  • 8. Paul McCartney
    Músico
    País: Reino Unido
    Ganhos: US$ 54 milhões

    Aos 74 anos, o ex-Beatle continua a fazer shows em estádios lotados e tem ganhos milionários por cada um deles. Tudo isso enquanto arrecada direitos autorais por seus catálogos individuais e dos Beatles.

  • 6. Gordon Ramsay
    Personalidade
    País: Reino Unido
    Ganhos: US$ 60 milhões

    O homem mais bem pago e, possivelmente, o mais ocupado do mundo da culinária continua seu reinado. Além de participar do “MasterChef”, “MasterChef Junior” e “Hell’s Kitchen”, Ramsay adicionou mais dois programas à sua lista.

  • 6. Elton John
    Músico
    País: Reino Unido
    Ganhos: US$ 60 milhões

    Mesmo aos 70 anos de idade, Elton John ainda está se beneficiando de uma agenda de shows agitada, com cerca de 99 apresentações em Las Vegas e em outros lugares durante o período avaliado. Sua próxima grande conquista será compor a trilha para a versão de “O Diabo Veste Prada” da Broadway.

  • 5. Roger Federer
    Tenista
    País: Suíça
    Ganhos: US$ 64 milhões

    O tenista foi afastado na segunda metade de 2016 para se recuperar de um problema no joelho, mas voltou às quadras este ano com sucesso ao ganhar o Australian Open de seu antigo rival Rafael Nadal. Foi seu primeiro título Grand Slam desde 2012 e elevou seu recorde de troféus Slam para 18. Aos 35 anos de idade, Federer foi o jogador mais velho em mais de 40 anos a chegar à final do Grand Slam. O suíço ganhou cerca de US$ 104 milhões em prêmios em dinheiro ao longo de sua carreira, mas essa quantia é pequena perto do que o atleta recebe fora das quadras com aparições e patrocínios. Seu último contrato foi com a marca de macarrão Barilla. O acordo, fechado para mais de cinco anos, deve acrescentar aproximadamente US$ 40 milhões aos ganhos de Federer. Muitas das relações de patrocínio do atleta duram mais de uma década. Seus parceiros incluem Nike, Wilson, Credit Suisse, Mercedes, Rolex, Lindt, Jura, Moet & Chandon, Sunrise e NetJets. Ele arrecadou mais de US$ 4 milhões para iniciativas de caridade por meio de duas apresentações. A fundação que leva seu nome já levantou US$ 40 milhões, sendo que US$ 30 milhões foram doados para programas educacionais na África.

  • 4. Adele
    Cantora
    País: Reino Unido
    Ganhos: US$ 69 milhões

    A cantora dividiu seu Grammy de Álbum do Ano em duas partes para compartilhá-lo com Beyoncé, mas os ganhos são todos dela. Apesar de, ao longo de sua carreira, ter recusado milhões em patrocínio, a britânica ganha quantias significativas com suas turnês.

  • 3. Coldplay
    Músicos
    País: Reino Unido
    Ganhos: US$ 68 milhões

    A banda britânica embarcou na turnê “Head Full of Dreams Tour” com apresentações em arenas e estádios ao redor do mundo, arrecadando cerca de US$ 5 milhões por cidade. Os integrantes da banda estão recebendo os maiores salários de suas carreiras.

  • 2. Cristiano Ronaldo
    Jogador de futebol
    País: Portugal
    Ganhos: US$ 93 milhões

    No último ano, Cristiano Ronaldo foi nomeado o melhor jogador do mundo pela FIFA pela quarta vez, garantiu um contrato com o Real Madrid, que pagará mais de US$ 50 milhões por cada um dos próximos quatro anos, e assinou um acordo vitalício com a Nike no valor de mais de US$ 1 bilhão. Seu país de origem, Portugal, renomeou um aeroporto internacional em sua homenagem depois que ele deu um título UEFA ao país no último verão. Sua crescente linha de produtos da marca CR7 inclui agora sapatos, roupas íntimas, fragrâncias, jeans e uma rede de hotéis. Cristiano Ronaldo ainda é o atleta mais popular do mundo com 275 milhões de seguidores nas mídias sociais.

  • 1. J.K. Rowling
    Escritora
    País: Reino Unido
    Ganhos: US$ 95 milhões

    A autora britânica fez sua mágica novamente com “Harry Potter e a Criança Amaldiçoada”. A peça de teatro de coautoria de J.K. Rowling virou um livro best seller em 2016, com mais de 4,5 milhões de cópias vendidas no Reino Unido. A escritora também conseguiu dinheiro com as atrações de Harry Potter na Universal Studios e com o filme “Animais Fantásticos e Onde Habitam”.

20. Zlatan Ibrahimovic
Jogador de futebol
País: Suécia
Ganhos: US$ 32 milhões

O atacante migrou da Nike para a Adidas e voltou para a Nike ao longo da temporada passada e as negociações continuaram com ambos os contratos de patrocínio. A falta de um patrocinador de longo prazo fez com que os ganhos do atleta diminuíssem. Entretanto, seu acordo de um ano com o Manchester United bastou para recuperar qualquer perda relacionada à essa área. Os US$ 27 milhões ganhos no Old Trafford foram fortemente baseados nos gols marcados. Ibrahimović terminou a temporada com 17 deles e com o título de maior marcador do clube. No último verão norte-americano, a estrela lançou sua própria marca de roupas esportivas.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).

Comentários
Topo