Listas

Melhores empresas do mundo para trabalhar em 2017

Seja por oferecerem benefícios como refeições gourmet gratuitas, cabines de cochilo ou licença paternidade remunerada, algumas empresas são mais disputadas do que outras. A Alphabet, assim como a segunda colocada, Microsoft, e a terceira, Japan Exchange Group, recebeu notas altas por conta de seus mimos para os funcionários.

VEJA TAMBÉM: 10 melhores empresas para mulheres e famílias em 2017

Com 72 mil empregados, a holding do Google ocupa o Top 1, pois seus funcionários afirmam aprovar a imagem da empresa, as condições de trabalho e a diversidade. No ano passado, a Alphabet teve US$ 98,9 bilhões em vendas, US$ 19,3 bilhões em lucro, US$ 178,6 bilhões em ativos e uma capitalização de mercado de US$ 622,9 bilhões.

Empregadores dos Estados Unidos dominam o novo ranking das melhores empresas para trabalhar, com 157 posições no Top 500. Apenas entre as 10 primeiras, seis são norte-americanas: Alphabet, Microsoft, Apple, Noble Energy, Williams e IBM.

A Microsoft também aparece em terceiro lugar na lista FORBES de maiores empresas de tecnologia deste ano. A empresa viu US$ 89 bilhões em vendas, US$ 21,2 bilhões em lucro, ativos de US$ 241 bilhões e um valor de mercado de US$ 573,7 bilhões em 2017.

Fundada em 1959, a Japan Exchange Group é o terceiro melhor empregador, com US$ 337 bilhões em ativos e capitalização de mercado de US$ 9,7 bilhões. Foi uma das 22 empresas na indústria de serviços de investimento a aparecer na lista.

A indústria de bancos regionais é a mais representada como melhores empregadores. O norte-americano Northern Trust aparece em 12º, seguido pelo tailandês Kasikornbank, em 16º, e o filipino Unibank, em 23º.

LEIA: 50 melhores empresas para trabalhos de meio período a distância

Entre as empresas brasileiras, quatro aparecem na lista deste ano: Companhia Brasileira de Distribuição, em 144º lugar; Gerdau, em 224º; B3 (antiga BM&FBovespa), em 287º; e Itaú Unibanco Holding, em 474º. A brasileira melhor colocada corresponde ao nome oficial do Grupo Pão de Açúcar, que teve US$ 11,7 bilhões em vendas e capitalização de mercado de US$ 5,9 bilhões neste ano.

Mais de 36 mil recomendações foram analisadas pela empresa de pesquisas Statista para criar a lista de melhores lugares para trabalhar do mundo. Funcionários avaliaram seu próprio empregador e qual seria a probabilidade de recomendar a empresa a um amigo ou parente. Eles também indicaram outros empregadores que admiram. A lista é baseada do ranking FORBES Global 2000 deste ano, que reúne empresas públicas de 58 países e que, juntas, somaram US$ 35,3 trilhões em receita.

Veja, na galeria de fotos abaixo, as 10 melhores empresas para trabalhar em 2017:

  • 10º) LG Eletronics
    País: Coreia do Sul
    Setor: eletrodomésticos

  • 9º) Investor AB
    País: Suécia
    Setor: serviços de investimento

  • 8º) IBM
    País: Estados Unidos
    Setor: serviços de computação

  • 7º) Williams
    País: Estados Unidos
    Setor: equipamentos e serviços de petróleo

  • 6º) Daimler
    País: Alemanha
    Setor: fabricante de carros e caminhões

  • 5º) Noble Energy
    País: Estados Unidos
    Setor: operações de petróleo e gás

  • 4º) Apple
    País: Estados Unidos
    Setor: hardware de computador

  • 3º) Japan Exchange Group
    País: Japão
    Setor: serviços de investimento

  • 2º) Microsoft
    País: Estados Unidos
    Setor: software e programação

  • 1º) Alphabet
    País: Estados Unidos
    Setor: serviços de computação

  • Empresas brasileiras na lista

    474º) Itaú Unibanco Holding
    Setor: bancos regionais

  • 287º) B3 (antiga BM&FBovespa)
    Setor: serviços de investimento

  • 224º) Gerdau
    Setor: ferro e aço

  • 144º) Companhia Brasileira de Distribuição (Grupo Pão de Açúcar)
    Setor: varejo de alimentos

10º) LG Eletronics
País: Coreia do Sul
Setor: eletrodomésticos

Comentários
Topo