Listas

10 melhores universidades para garantir um lugar no mercado de trabalho

A educação superior e o mercado de trabalho estão cada vez mais entrelaçados. Este fato tem levado muitas instituições a desenvolverem estratégias para dar aos seus alunos o início perfeito na carreira. De acordo com os últimos rankings de empregabilidade da revista de educação “Times Higher Education”, algumas universidades estão realmente se esforçando para preparar os seus estudantes da melhor maneira possível. A pesquisa classifica as instituições com base nas percepções de empresas de todo o mundo sobre a empregabilidade de seus graduandos. O estudo foi feito em 22 países e a maioria das melhores instituições fica nos Estados Unidos.

LEIA MAIS: 8 das universidades mais bonitas do mundo

O Instituto de Tecnologia da Califórnia aparece na primeira posição. A entidade é conhecida por seu processo de admissão competitivo, que seleciona um número pequeno de talentosos estudantes. Ela também enfatiza o ensino de ciências, e tecnologia e pesquisa. As universidades Harvard e Columbia são internacionalmente respeitadas e não é surpresa que as duas instituições façam parte do Top 3.

Existem três universidades fora dos Estados Unidos nas dez primeiras posições: a Universidade de Cambridge, a Universidade Técnica de Munique e a Universidade de Tóquio. O Brasil aparece na lista com a USP na 75ª posição.

Veja, na galeria de fotos abaixo, as 10 universidades que mais empregam seus alunos:

  • 10. Universidade Yale

  • 9. Universidade de Tóquio

  • 8. Universidade Técnica de Munique

  • 7. Universidade Stanford

  • 6. Universidade de Boston

  • 5. Universidade de Cambridge

  • 4. Instituto de Tecnologia de Massachusetts

  • 3. Universidade Columbia

  • 2. Universidade Harvard

  • 1. Instituto de Tecnologia da Califórnia

10. Universidade Yale

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).

Comentários
Topo