Fotos

10 organizações terroristas mais ricas do mundo

Durante o ano passado, oito grandes atentados terroristas foram perpetrados em todo o mundo, cada um deles com mais de uma centena de vítimas fatais. Seis deles foram ainda mais letais e mataram 1.500 pessoas na Síria, Líbia, Afeganistão, Egito e Somália, planejados, financiados e colocados em prática pelo Talibã, ISIS ou Al-Qaeda. Segundo o Instituto de Economia e Paz, em 2015 essas organizações foram responsáveis ​​por, aproximadamente, 74% de todas as vítimas do terrorismo mundial.

LEIA MAIS: 10 países onde o terrorismo causa mais prejuízos econômicos

Não é coincidência que as entidades terroristas mais mortais do mundo sejam também as mais ricas. “Há uma conexão clara entre os dois fatores”, afirma o general Amos Gilad, presidente do Instituto de Política e Estratégia e ex-chefe do Departamento de Segurança Política do Ministério da Defesa, em uma entrevista concedida a FORBES Israel. “O fator financeiro é crítico para essas organizações. O dinheiro é indispensável para ataques terroristas assim como o combustível é para os automóveis”, acrescenta.

As organizações terroristas, assim como quaisquer outras, precisam de fundos para funcionar. O dinheiro é necessário para financiar operações, pagar salários, administrar campos de treinamento, comprar armas e explosivos, transportar equipamentos e arcar com a própria manutenção de toda a operação. Tudo isso é muito caro, e os gastos das entidades variam de uma para outra. Os terroristas do Hezbollah, Hamas e ISIS, por exemplo, precisam de muito mais dinheiro do que uma organização “regular” como o IRA. Essas organizações mantêm sistemas sociais, religiosos, políticos e econômicos e requerem um enorme financiamento para gerenciar as necessidades da população sob autoridade ou influência delas.

Veja, na galeria de fotos a seguir, as 10 organizações terroristas mais ricas do mundo e o quanto arrecadam por ano:

  • 10) Real IRA – US$ 50 milhões

  • 9) Lashkar-e-Taiba – US$ 75 milhões

  • 8) Movimento da Jihad Islâmica na Palestina – US$ 100 milhões

  • 7) Kata’ib Hezbollah – US$ 150 milhões

  • 6) Partido dos Trabalhadores do Curdistão – US$ 180 milhões

  • 5) ISIS – US$ 200 milhões

  • 4) Al-Qaeda – US$ 300 milhões

  • 3) Hamas – US$ 700 milhões

  • 2) Talibã – US$ 800 milhões

  • 1) Hezbollah – US$ 1,1 bilhão

10) Real IRA – US$ 50 milhões

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br)

Comentários
Topo