10 países onde os estudantes têm as melhores – e as piores – expectativas de salário

Depois de dedicar vários anos de suas vidas e muito dinheiro à obtenção de um diploma com poder de lançá-los em uma carreira promissora, os estudantes, inevitavelmente, questionam-se sobre o valor de seus salários quando entrarem no mercado de trabalho.

LEIA MAIS: 10 países que mais beberam e compraram cerveja no mundo em 2017

As expectativas dos jovens formados variam de acordo com curso e o local onde vivem. Um recente estudo do Universum Global, empresa de consultoria de recursos humanos, revela o salário que diferentes tipos de estudantes de diversas nações esperam receber.

O relatório, parte do documento anual “Cost of Talent, é baseado em uma pesquisa feita com 533.351 alunos de negócios e de outros cursos relacionados à ciência, tecnologia, engenharia e matemática, de 29 países, na qual eles responderam quanto esperam ganhar no primeiro emprego depois da graduação.

Os suíços são os que esperam os salários mais altos: ao encontrar seu primeiro emprego na área, a expectativa desses estudantes de negócios é ganhar, em média, US$ 74.400 por ano, enquanto os alunos de outros cursos imaginam pagamentos de US$ 75.300. A Suíça tem o segundo maior PIB per capita, segundo números do Banco Mundial em 2016, e está na 10a posição no ranking FORBES de Melhores Países para Negócios.

O Cazaquistão está entre as nações com menores expectativas de salário. A economia da ex-república soviética é fortemente dependente dos depósitos de hidrocarbonetos e minerais, tornando-se suscetível a declínios nos preços das commodities. Os investidores são cautelosos ao fazer negócios no país devido às preocupações com corrupção e burocracia.

Veja, na galeria de fotos a seguir, 10 países onde os estudantes esperam ganhar mais – e menos – dinheiro:

  • 10 países com as maiores expectativas de salário:

  • 1) Suíça
    Estudantes de negócios: US$ 74.384
    Estudantes de outras áreas: US$ 75.323

  • 2) Dinamarca
    Estudantes de negócios: US$ 61.489
    Estudantes de outras áreas: US$ 64.996

  • 3) Estados Unidos
    Estudantes de negócios: US$ 56.029
    Estudantes de outras áreas: US$ 59.518

  • 4) Noruega
    Estudantes de negócios: US$ 54.246
    Estudantes de outras áreas: US$ 57.068

  • 5) Alemanha
    Estudantes de negócios: US$ 51.405
    Estudantes de outras áreas: US$ 53.309

  • 6) Austrália
    Estudantes de negócios: US$ 44.424
    Estudantes de outras áreas: US$ 47.536

  • 7) Suécia
    Estudantes de negócios: US$ 43.221
    Estudantes de outras áreas: US$ 44.923

  • 8) Finlândia
    Estudantes de negócios: US$ 41.234
    Estudantes de outras áreas: US$ 42.400

  • 9) França
    Estudantes de negócios: US$ 40.463
    Estudantes de outras áreas: US$ 42.062

  • 10) Canadá
    Estudantes de negócios: US$ 39.183
    Estudantes de outras áreas: US$ 45.093

  • 10 países com as menores expectativas de salário:

  • 1) Cazaquistão
    Estudantes de negócios: US$ 7.628
    Estudantes de outras áreas: US$ 8.367

  • 2) Indonésia
    Estudantes de negócios: US$ 8.140
    Estudantes de outras áreas: US$ 8.970

  • 3) Malásia
    Estudantes de negócios:US$ 8.765
    Estudantes de outras áreas: US$ 9.284

  • 4) Rússia
    Estudantes de negócios: US$ 11.096
    Estudantes de outras áreas: US$ 10.919

  • 5) Turquia
    Estudantes de negócios: US$ 11.417
    Estudantes de outras áreas: US$ 12.181

  • 6) Polônia
    Estudantes de negócios: US$ 11.853
    Estudantes de outras áreas: US$ 12.513

  • 7) México
    Estudantes de negócios: US$ 12.494
    Estudantes de outras áreas: US$ 13.352

  • 8) China
    Estudantes de negócios: US$ 13.709
    Estudantes de outras áreas: US$ 14.021

  • 9) Índia
    Estudantes de negócios: US$ 14.236
    Estudantes de outras áreas: US$ 14.832

  • 10) República Tcheca
    Estudantes de negócios: US$ 14.901
    Estudantes de outras áreas: US$ 15.527

10 países com as maiores expectativas de salário:

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br)

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).