10 tenistas mais bem pagos da temporada 2018

Dois meses depois do início da temporada de tênis de 2018, Roger Federer e Caroline Wozniacki são os mais bem pagos na liga masculina e na liga feminina, respectivamente.

LEIA MAIS: UNDER 30 de FORBES Brasil terá indicações online

O suíço, de 36 anos, venceu seu 20º Australian Open em janeiro, enquanto a dinamarquesa, de 27 anos, ganhou seu primeiro Grand Slam em Melbourne Park. Cada um deles embolsou US$ 3,11 milhões, o que explica a liderança no ranking.

Com a combinação de eventos lucrativos para homens e mulheres a partir do mês que vem em Indian Wells, na Califórnia, e em Miami, onde um total de US$ 30 milhões serão oferecidos como prêmios, é bem possível que, até o final de março, a lista não seja mais a mesma.

Veja, na galeria de fotos a seguir, os 5 tenistas mais bem pagos na temporada de 2018, divididos por gênero:

  • Liga masculina

    5) Grigor Dimitrov, Bulgária: US$ 615,1 mil

  • 4) Kyle Edmund, Reino Unido: US$ 714,9 mil

  • 3) Hyeon Chung, Coreia do Sul: US$ 745,7 mil

  • 2) Marin Cilic, Croácia: US$ 1,63 milhão

  • 1) Roger Federer, Suíça: US$ 3,65 milhões

  • Liga feminina

    5) Petra Kvitova, República Tcheca: US$ 785,6 mil

  • 4) Angelique Kerber, Alemanha: US$ 1 milhão

  • 3) Elina Svitolina, Ucrânia: US$ 1,21 milhão

  • 2) Simona Halep, Romênia: US$ 1,84 milhão

  • 1) Caroline Wozniacki, Dinamarca: US$ 3,2 milhões

Liga masculina

5) Grigor Dimitrov, Bulgária: US$ 615,1 mil

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br)

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).