Cresce número de bilionários no mundo, mas ainda há poucas mulheres

Um número recorde de 2.208 bilionários compõe o 32º ranking anual FORBES de bilionários do mundo. “Os super ricos continuam a ficar ainda mais ricos, aumentando o intervalo entre eles e todo o restante”, disseram Luisa Kroll e Kerry A. Dolan, editoras executivas da área de fortunas de FORBES. Para ver a lista completa, clique aqui.

VEJA TAMBÉM: Quanto ganharam por hora os 10 bilionários que mais faturaram em 2017

O centibilionário Jeff Bezos ocupa a 1ª posição do ranking pela primeira vez. Bezos tem uma fortuna de US$ 112 bilhões, US$ 39,2 bilhões a mais do que em 2017 – o maior ganho em um ano de todos os tempos. Bill Gates, que foi a pessoa mais rica do mundo em 18 dos últimos 24 anos, caiu para a 2a posição. O cofundador da Microsoft acumula um patrimônio de US$ 90 bilhões, mais do que os US$ 86 bilhões do ano passado. Essa é a maior diferença (em dólares) entre as duas primeiras posições da lista de bilionários desde 2001.

Warren Buffett, com US$ 84 bilhões, caiu para o 3º lugar, embora sua fortuna tenha aumentado em relação aos US$ 75,6 bilhões de 2017. Bernard Arnault, com US$ 72 bilhões, subiu 7 lugares no ranking e ocupa, atualmente, a 4ª posição. Graças aos US$ 30,5 bilhões ganhos desde o último ano, Arnault é a pessoa mais rica da Europa pela primeira vez desde 2012.

No fechamento do Top 5 está Mark Zuckerberg, com US$ 71 bilhões. O varejista de roupas espanhol Amancio Ortega, mais conhecido pela cadeia de varejo Zara, ocupa a 6ª posição e sai do Top 5 pela primeira vez desde 2011. O patrimônio de Ortega é de US$ 70 bilhões, uma queda de US$ 1,3 bilhão em relação a 2017.

A fortuna média dos bilionários – 2.208 contra 2.043 do ano passado – bateu o recorde e chegou a US$ 4,1 bilhões. A soma total deste ano é de US$ 9,1 trilhões, mais do que os US$ 7,7 trilhões da última lista. 1.490 integrantes do ranking se tornaram bilionários por conta própria, mais do que os 1.371 de 2017.

LEIA: UNDER 30 de FORBES Brasil terá indicações online

Os Top 20 têm patrimônio combinado recorde de US$ 1,2 trilhão contra os US$ 968,8 bilhões de 2017. Sua riqueza agregada representa 13% de todos os 2.208 bilionários. A fortuna mínima para entrar no Top 20 é, agora, um recorde de US$ 39 bilhões, bem mais do que os US$ 30,4 bilhões de 2017.

Donald Trump, com fortuna de US$ 3,1 bilhões, ocupa o 766º lugar, o que significa uma queda de 222 posições. A fortuna do atual presidente dos Estados Unidos perdeu US$ 400 milhões desde a lista de bilionários de 2017, devido, parcialmente, às quedas nos valores dos imóveis em Midtown Manhattan e aos declínios nas receitas de muitas de suas propriedades de golfe. (Seu patrimônio permanece o mesmo de quando FORBES o avaliou, em outubro de 2017, para a lista dos 400 norte-americanos mais ricos).

O número total de mulheres na lista é 256, mais do que as 227 anteriores. Isso inclui 13 mulheres que dividem suas fortunas com maridos, irmãos ou filhos. Um recorde de 72 dessas mulheres são self-made billionaires, o que representa uma alta histórica e um aumento significativo em relação às 56 mulheres de 2017. A mulher mais rica que construiu a sua própria fortuna é Zhou Qunfei, de Hong Kong, cuja empresa, a Lens Technology, produz telas para smartphones. A companhia abriu capital em 2015.

Os Estados Unidos ostentam o maior número de mulheres bilionárias no novo ranking – são 82. Em seguida estão Alemanha, com 33, e China, com 30. Esses números incluem cinco mulheres em território norte-americano que construíram empresas com seus maridos (com quem são listadas), e uma em território alemão, que divide uma fortuna herdada com seu irmão.

E MAIS: País com mais bilionários no mundo, China tem dois novos representantes por semana

A lista de bilionários foi compilada tendo como base as riquezas de 9 de fevereiro de 2018, dia em que FORBES reuniu os preços de ações e taxas de câmbio do mundo todo. O ranking lista indivíduos em vez de famílias multigeracionais que dividem fortunas enormes. Em alguns casos, irmãos e casais são listados juntos se a divisão da propriedade entre eles não for clara, mas eles ainda precisam valer US$ 1 bilhão cada um para entrar na lista.

Os brasileiros

A soma dos patrimônios dos 42 bilionários brasileiros presentes na lista cresceu 2,5% em relação ao ano passado: de US$ 172,1 bilhões para US$ 176,4 bilhões, apesar de ser menor, em número de pessoas, do que o ranking de 2017 (43). Jorge Paulo Lemann é o primeiro brasileiro a figurar na lista, com fortuna de US$ 27,4 bilhões, queda de 6,1% em relação ao ano passado, quando o patrimônio do proprietário da cervejaria Ambev chegou a US$ 29,2 bilhões. A diferença na fortuna fez com que o brasileiro caísse sete posições e passasse, atualmente, a ocupar o 29º lugar.

Os cinco primeiros brasileiros da lista deste ano continuam os mesmos. Diferentemente de Lemann e seus sócios Marcel Herrmann Telles (US$ 14 bilhões, 102º lugar) e Carlos Alberto Sicupira (US$ 12 bilhões, 124º lugar), Joseph Safra (US$ 23,5 bilhões, em 36º lugar) e Eduardo Saverin (US$ 10,1 bilhões, 148º lugar) viram suas fortunas aumentarem nos últimos 12 meses.

Sendo assim, apenas Safra (1 posição) e Saverin (22 posições) melhoraram suas colocações, enquanto os sócios da 3G Capital despencaram 29 e 28 posições respectivamente. Mesmo com um aumento patrimonial de US$ 3 bilhões, Safra subiu apenas uma posição, enquanto a escalada de Saverin ocorreu por causa de um aumento de US$ 2,2 bilhões.

LEIA TAMBÉM: 6 bilionários que não deixarão suas fortunas para seus filhos

A bilionária Lia Maria Aguiar foi a que subiu mais posições (692), com um patrimônio de US$ 2,2 bilhões contra US$ 1,1 bilhão do ano passado, enquanto o proprietário da Riachuelo, Nevaldo Rocha, subiu 547 lugares, com sua fortuna saltando de US$ 1,3 bilhão para US$ 2,4 bilhões. O banqueiro Pedro Moreira Salles, o sexto homem mais rico do Brasil, foi de US$ 3,2 bilhões e a 603ª posição para US$ 5,1 bilhões e a 382ª posição, um aumento de 59,37% na riqueza, o que o levou a ultrapassar Abílio Diniz (US$ 3,5 bilhões, em 652º) e o cervejeiro Walter Faria (US$ 3,2 bilhões, em 729º). Os irmãos de Pedro também tiveram elevação patrimonial e subiram 215 posições, com uma fortuna de US$ 5 bilhões cada e o 388º lugar.

Os irmãos Marinho estão entre os que mais perderam posições na lista. José Roberto e Roberto Irineu viram seus patrimônios diminuírem US$ 1,3 bilhão e caíram 491 colocações, ocupando, empatados, a 965ª posição, com US$ 2,5 bilhões (cada). Enquanto isso, João Roberto Marinho perdeu o mesmo valor, mas caiu 519 posições (1020º lugar), somando um patrimônio de US$ 2,4 bilhões. Já o empresário dos medicamentos genéricos Maurizio Billi foi o brasileiro que mais perdeu posições com a redução de R$ 300 milhões em seu patrimônio: de 560º para o 2124º lugar, com US$ 1 bilhão.

Veja, na galeria de fotos, os 20 maiores bilionários do mundo em 2018 e os 42 brasileiros mais ricos:

  • 1º) Jeff Bezos

    Fortuna: US$ 112 bilhões
    Fortuna em 2017: US$ 72,8 bilhões
    País: Estados Unidos
    Idade: 54
    Fonte da fortuna: Amazon.com

  • 2º) Bill Gates

    Fortuna: US$ 90 bilhões
    Fortuna em 2017: US$ 86 bilhões
    País: Estados Unidos
    Idade: 62
    Fonte da fortuna: Microsoft

  • 3º) Warren Buffett

    Fortuna: US$ 84 bilhões
    Fortuna em 2017: US$ 75,6 bilhões
    País: Estados Unidos
    Idade: 87
    Fonte da fortuna: Berkshire Hathaway

  • 4º) Bernard Arnault e família

    Fortuna: US$ 72 bilhões
    Fortuna em 2017: US$ 41,5 bilhões
    País: França
    Idade: 69
    Fonte da fortuna: LVMH

  • 5º) Mark Zuckerberg

    Fortuna: US$ 71 bilhões
    Fortuna em 2017: US$ 56 bilhões
    País: Estados Unidos
    Idade: 33
    Fonte da fortuna: Facebook

  • 6º) Amancio Ortega

    Fortuna: US$ 70 bilhões
    Fortuna em 2017: US$ 71,3 bilhões
    País: Espanha
    Idade: 81
    Fonte da fortuna: Zara

  • 7º) Carlos Slim Helu e família

    Fortuna: US$ 67,1 bilhões
    Fortuna em 2017: US$ 54,5 bilhões
    País: México
    Idade: 78
    Fonte da fortuna: Telecomunicações

  • 8º) Charles Koch (empate)

    Fortuna: US$ 60 bilhões
    Fortuna em 2017: US$ 48,3 bilhões
    País: Estados Unidos
    Idade: 82
    Fonte da fortuna: Koch Industries

  • 8º) David Koch (empate)

    Fortuna: US$ 60 bilhões
    Fortuna em 2017: US$ 48,3 bilhões
    País: Estados Unidos
    Idade: 77
    Fonte da fortuna: Koch Industries

  • 10º) Larry Ellison

    Fortuna: US$ 58,5 bilhões
    Fortuna em 2017: US$ 52,2 bilhões
    País: Estados Unidos
    Idade: 73
    Fonte da fortuna: Oracle

  • 11º) Michael Bloomberg

    Fortuna: US$ 50 bilhões
    Fortuna em 2017: US$ 47,5 bilhões
    País: Estados Unidos
    Idade: 76
    Fonte da fortuna: Bloomberg LP

  • 12º) Larry Page

    Fortuna: US$ 48,8 bilhões
    Fortuna em 2017: US$ 40,7 bilhões
    País: Estados Unidos
    Idade: 44
    Fonte da fortuna: Google

  • 13º) Sergey Brin

    Fortuna: US$ 47,5 bilhões
    Fortuna em 2017: US$ 39,8 bilhões
    País: Estados Unidos
    Idade: 44
    Fonte da fortuna: Google

  • 14º) Jim Walton

    Fortuna: US$ 46,4 bilhões
    Fortuna em 2017: US$ 34 bilhões
    País: Estados Unidos
    Idade: 69
    Fonte da fortuna: Wal-Mart

  • 15º) S. Robson Walton

    Fortuna: US$ 46,2 bilhões
    Fortuna em 2017: US$ 34,1 bilhões
    País: Estados Unidos
    Idade: 73
    Fonte da fortuna: Wal-Mart

  • 16º) Alice Walton

    Fortuna: US$ 46 bilhões
    Fortuna em 2017: US$ 33,8 bilhões
    País: Estados Unidos
    Idade: 68
    Fonte da fortuna: Wal-Mart

  • 17º) Ma Huateng

    Fortuna: US$ 45,3 bilhões
    Fortuna em 2017: US$ 24,9 bilhões
    País: China
    Idade: 46
    Fonte da fortuna: Mídia de internet

  • 18º) Françoise Bettencourt Meyers e família

    Fortuna: US$ 42,2 bilhões
    Fortuna em 2017: Não estava na lista de 2017.
    País: França
    Idade: 64
    Fonte da fortuna: L’Oréal

  • 19º) Mukesh Ambani

    Fortuna: US$ 40,1 bilhões
    Fortuna em 2017: US$ 23,2 bilhões
    País: Índia
    Idade: 60
    Fonte da fortuna: Produtos petroquímicos, petróleo e gás

  • 20º) Jack Ma

    Fortuna: US$ 39 bilhões
    Fortuna em 2017: US$ 28,3 bilhões
    País: China
    Idade: 53
    Fonte da fortuna: Alibaba

  • 29º) Jorge Paulo Lemann

    Fortuna: US$ 27,4 bilhões
    Fortuna em 2017: US$ 29,2 bilhões
    País: Brasil
    Idade: 78
    Fonte da fortuna: Bebidas

  • 36º) Joseph Safra

    Fortuna: US$ 23,5 bilhões
    Fortuna em 2017: US$ 20,5 bilhões
    País: Brasil
    Idade: 79
    Fonte da fortuna: Setor bancário

  • 102º) Marcel Herrmann Telles

    Fortuna: US$ 14 bilhões
    Fortuna em 2017: US$ 14,8 bilhões
    País: Brasil
    Idade: 68
    Fonte da fortuna: Bebidas

  • 124º) Carlos Alberto Sicupira

    Fortuna: US$ 12 bilhões
    Fortuna em 2017: US$ 12,5 bilhões
    País: Brasil
    Idade: 70
    Fonte da fortuna: Bebidas

  • 148º) Eduardo Saverin

    Fortuna: US$ 10,1 bilhões
    Fortuna em 2017: US$ 7,9 bilhões
    País: Brasil
    Idade: 35
    Fonte da fortuna: Facebook

  • 382º) Pedro Moreira Salles

    Fortuna: US$ 5,1 bilhões
    Fortuna em 2017: US$ 3,2 bilhões
    País: Brasil
    Idade: 58
    Fonte da fortuna: Setor bancário e mineração

  • 388º) Fernando Roberto Moreira Salles (empate)

    Fortuna: US$ 5 bilhões
    Fortuna em 2017: US$ 3,2 bilhões
    País: Brasil
    Idade: 71
    Fonte da fortuna: Setor bancário e mineração

  • 388º) João Moreira Salles (empate)

    Fortuna: US$ 5 bilhões
    Fortuna em 2017: US$ 3,2 bilhões
    País: Brasil
    Idade: 56
    Fonte da fortuna: Setor bancário e mineração

  • 388º) Walter Moreira Salles (empate)

    Fortuna: US$ 5 bilhões
    Fortuna em 2017: US$ 3,2 bilhões
    País: Brasil
    Idade: 61
    Fonte da fortuna: Setor bancário e mineração

  • 652º) Abílio dos Santos Diniz

    Fortuna: US$ 3,5 bilhões
    Fortuna em 2017: US$ 3,3 bilhões
    País: Brasil
    Idade: 81
    Fonte da fortuna: Varejo

  • 729º) Walter Faria

    Fortuna: US$ 3,2 bilhões
    Fortuna em 2017: US$ 3,3 bilhões
    País: Brasil
    Idade: 62
    Fonte da fortuna: Bebidas

  • 791º) Luis Frias

    Fortuna: US$ 3 bilhões
    Fortuna em 2017: Não estava na lista de 2017
    País: Brasil
    Idade: 54
    Fonte da fortuna: Pagamentos mobile

  • 887º) Ermirio Pereira de Moraes

    Fortuna: US$ 2,7 bilhões
    Fortuna em 2017: US$ 3,9 bilhões
    País: Brasil
    Idade: 85
    Fonte da fortuna: Diversos

  • 924º) Jorge Moll Filho (empate)

    Fortuna: US$ 2,6 bilhões
    Fortuna em 2017: US$ 3,2 bilhões
    País: Brasil
    Idade: 73
    Fonte da fortuna: Hospitais

  • 924º) Maria Helena Moraes Scripilliti (empate)

    Fortuna: US$ 2,6 bilhões
    Fortuna em 2017: US$ 3,9 bilhões
    País: Brasil
    Idade: 87
    Fonte da fortuna: Diversos

  • 965º) Aloysio de Andrade Faria (empate)

    Fortuna: US$ 2,5 bilhões
    Fortuna em 2017: US$ 2,4 bilhões
    País: Brasil
    Idade: 97
    Fonte da fortuna: Setor bancário

  • 965º) José Roberto Marinho (empate)

    Fortuna: US$ 2,5 bilhões
    Fortuna em 2017: US$ 3,8 bilhões
    País: Brasil
    Idade: 62
    Fonte da fortuna: Rede Globo

  • 965º) Roberto Irineu Marinho (empate)

    Fortuna: US$ 2,5 bilhões
    Fortuna em 2017: US$ 3,8 bilhões
    País: Brasil
    Idade: 70
    Fonte da fortuna: Rede Globo

  • 965º) Carlos Sanchez (empate)

    Fortuna: US$ 2,5 bilhões
    Fortuna em 2017: US$ 1,8 bilhão
    País: Brasil
    Idade: 56
    Fonte da fortuna: Medicamentos genéricos

  • 1020º) José Luis Cutrale (empate)

    Fortuna: US$ 2,4 bilhões
    Fortuna em 2017: US$ 2,2 bilhões
    País: Brasil
    Idade: 71
    Fonte da fortuna: Frutas

  • 1020º) Alfredo Egydio Arruda Villela Filho (empate)

    Fortuna: US$ 2,4 bilhões
    Fortuna em 2017: US$ 1,9 bilhão
    País: Brasil
    Idade: 48
    Fonte da fortuna: Setor bancário

  • 1020º) André Esteves (empate)

    Fortuna: US$ 2,4 bilhões
    Fortuna em 2017: US$ 1,8 bilhão
    País: Brasil
    Idade: 49
    Fonte da fortuna: Finanças e investimentos

  • 1020º) João Roberto Marinho (empate)

    Fortuna: US$ 2,4 bilhões
    Fortuna em 2017: US$ 3,7 bilhões
    País: Brasil
    Idade: .64
    Fonte da fortuna: Rede Globo

  • 1020º) Nevaldo Rocha (empate)

    Fortuna: US$ 2,4 bilhões
    Fortuna em 2017: US$ 1,3 bilhão
    País: Brasil
    Idade: 88
    Fonte da fortuna: Varejo/moda

  • 1103º) Lia Maria Aguiar (empate)

    Fortuna: US$ 2,2 bilhões
    Fortuna em 2017: US$ 1,1 bilhão
    País: Brasil
    Idade: 80
    Fonte da fortuna: Atividades bancárias

  • 1103º) Dulce Pugliese de Godoy Bueno (empate)

    Fortuna: US$ 2,2 bilhões
    Fortuna em 2017: US$ 1,8 bilhão
    País: Brasil
    Idade: 70
    Fonte da fortuna: Hospitais e serviços médicos

  • 1103º) Ana Lúcia de Mattos Barretto Villela (empate)

    Fortuna: US$ 2,2 bilhões
    Fortuna em 2017: US$ 1,7 bilhão
    País: Brasil
    Idade: 44
    Fonte da fortuna: Atividades bancárias

  • 1103º) Alexandre Grendene Bartelle (empate)

    Fortuna: US$ 2,2 bilhões
    Fortuna em 2017: US$ 2 bilhões
    País: Brasil
    Idade: 68
    Fonte da fortuna: Calçados/móveis

  • 1215º) João Alves de Queiroz Filho (empate)

    Fortuna: US$ 2 bilhões
    Fortuna em 2017: US$ 1,4 bilhão
    País: Brasil
    Idade: 65
    Fonte da fortuna: Produtos de consumo

  • 1215º) Jayme Garfinkel (empate)

    Fortuna: US$ 2 bilhões
    Fortuna em 2017: US$ 1,5 bilhão
    País: Brasil
    Idade: 72
    Fonte da fortuna: Seguros

  • 1339º) Julio Bozano

    Fortuna: US$ 1,8 bilhão
    Fortuna em 2017: US$ 1,8 bilhão
    País: Brasil
    Idade: 82
    Fonte da fortuna: Setor bancário

  • 1394º) Liu Ming Chung

    Fortuna: US$ 1,7 bilhão
    Fortuna em 2017: US$ 1,5 bilhão
    País: Brasil
    Idade: 55
    Fonte da fortuna: Manufatura de papel

  • 1477º) Lirio Parisotto

    Fortuna: US$ 1,6 bilhão
    Fortuna em 2017: US$ 1,4 bilhão
    País: Brasil
    Idade: 64
    Fonte da fortuna: Investimentos

  • 1561º) José João Abdalla Filho (empate)

    Fortuna: US$ 1,5 bilhão
    Fortuna em 2017: Não estava na lista de 2017.
    País: Brasil
    Idade: 72
    Fonte da fortuna: Investimentos

  • 1561º) Miguel Krigsner (empate)

    Fortuna: US$ 1,5 bilhão
    Fortuna em 2017: US$ 1,2 bilhão
    País: Brasil
    Idade: 68
    Fonte da fortuna: Cosméticos

  • 1561º) José Isaac Peres (empate)

    Fortuna: US$ 1,5 bilhão
    Fortuna em 2017: US$ 1,5 bilhão
    País: Brasil
    Idade: 77
    Fonte da fortuna: Shopping center

  • 1561º) Antonio Luiz Seabra (empate)

    Fortuna: US$ 1,5 bilhão
    Fortuna em 2017: US$ 1,3 bilhão
    País: Brasil
    Idade: 75
    Fonte da fortuna: Cosméticos

  • 1650º) Rubens Ometto Silveira Mello

    Fortuna: US$ 1,4 bilhão
    Fortuna em 2017: US$ 1,4 bilhão
    País: Brasil
    Idade: 68
    Fonte da fortuna: Açúcar/etanol

  • 1867º) Daisy Igel (empate)

    Fortuna: US$ 1,2 bilhão
    Fortuna em 2017: US$ 1,1 bilhão
    País: Brasil
    Idade: 90
    Fonte da fortuna: Combustíveis

  • 1867º) Ana Maria Marcondes Penido Sant’Anna (empate)

    Fortuna: US$ 1,2 bilhão
    Fortuna em 2017: US$ 1,5 bilhão
    País: Brasil
    Idade: 62
    Fonte da fortuna: Rodovias

  • 2124º) Maurizio Billi (empate)

    Fortuna: US$ 1 bilhão
    Fortuna em 2017: US$ 1,3 bilhão
    País: Brasil
    Idade: 61
    Fonte da fortuna: Indústria farmacêutica

  • 2124º) Elie Horn (empate)

    Fortuna: US$ 1 bilhão
    Fortuna em 2017: Não estava na lista de 2017.
    País: Brasil
    Idade: 73 anos
    Fonte da fortuna: Imóveis

1º) Jeff Bezos

Fortuna: US$ 112 bilhões
Fortuna em 2017: US$ 72,8 bilhões
País: Estados Unidos
Idade: 54
Fonte da fortuna: Amazon.com

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).