Os 20 países onde as pessoas são mais felizes

iStock
Apesar de todas as dificuldades vividas pelas populações da América Latina nos anos recentes, os países da região têm, em sua maioria, índices altos. (iStock)

O World Happiness Report é a pesquisa mais importante para medir o estado de felicidade global. A lista ranqueia 156 países por seus níveis de felicidade. Um dos focos principais do relatório deste ano foi elaborar um ranking dos níveis e das alterações no estado de espírito ao redor do mundo.

VEJA TAMBÉM: As 10 empresas mais felizes para trabalhar em 2018

O ranking geral de felicidade dos países divulgado neste ano é baseado nos resultados de questionários da empresa de pesquisas Gallup World Poll de 2015 a 2017, e mostra tanto mudança quanto estabilidade em relação à lista anterior, referente a 2008-2010. Há um novo país na primeira posição, a Finlândia, mas o Top 10 é composto pelos mesmos países do que nos últimos dois anos, apesar de alguns terem mudado de lugar entre si. Quatro países diferentes ocuparam o 1º lugar nos quatro relatórios mais recentes – Dinamarca, Suíça, Noruega e Finlândia.

Todos os países do Top 10 tendem a ter altas pontuações nas seis variáveis identificadas como influenciadoras de bem-estar: renda, expectativa de vida saudável, suporte social, liberdade, confiança e generosidade. Entre os países com melhor colocação, as diferenças são pequenas o suficiente para fazer com que mudanças no ranking ano após ano sejam esperadas.

As análises das mudanças de felicidade de 2008 a 2010 e de 2011 a 2015 mostram Togo como o país que mais evoluiu, subindo 17 posições no ranking geral em relação à última colocação que teve no ranking de 2015. O maior perdedor é a Venezuela, que caiu 2,2 pontos em uma escala de 0 a 10. O Brasil, no entanto, também caiu: com 0,44 pontos a menos, o país perdeu seis posições e ocupa, atualmente, o 28º lugar.

Apesar de todas as dificuldades vividas pelas populações da América Latina nos anos recentes, os países da região têm, em sua maioria, índices altos. Segundo o relatório, isso se deve ao calor da família e aos relacionamentos sociais – e à importância que as pessoas da região dão a esses fatores.

LEIA: UNDER 30 de FORBES Brasil terá indicações online

O novo relatório traz, ainda, um alerta sobre três problemas de saúde emergentes que ameaçam a felicidade: obesidade, a crise de opioides e a depressão. Apesar de valer para o mundo todo, a maior parte das evidências e das discussões são focadas nos Estados Unidos, onde a prevalência desses três problemas está crescendo mais rápida e profundamente do que na maioria dos demais países.

Veja, na galeria de fotos, os 20 países onde as pessoas são mais felizes e a situação do Brasil:

  • 28º) Brasil
    Pontuação: 6,419

  • 20º) Emirados Árabes Unidos
    Pontuação: 6,774

  • 19º) Reino Unido
    Pontuação: 6,814

  • 18º) Estados Unidos
    Pontuação: 6,886

  • 17º) Luxemburgo
    Pontuação: 6,910

  • 16º) Bélgica
    Pontuação: 6,927

  • 15º) Alemanha
    Pontuação: 6,965

  • 14º) Irlanda
    Pontuação: 6,977

  • 13º) Costa Rica
    Pontuação: 7,072

  • 12º) Áustria
    Pontuação: 7,139

  • 11º) Israel
    Pontuação: 7,190

  • 10º) Austrália
    Pontuação: 7,272

  • 9º) Suécia
    Pontuação: 7,314

  • 8º) Nova Zelândia
    Pontuação: 7,324

  • 7º) Canadá
    Pontuação: 7,328

  • 6º) Holanda
    Pontuação: 7,441

  • 5º) Suíça
    Pontuação: 7,487

  • 4º) Islândia
    Pontuação: 7,495

  • 3º) Dinamarca
    Pontuação: 7,555

  • 2º) Noruega
    Pontuação: 7,594

  • 1º) Finlândia
    Pontuação: 1,632

28º) Brasil
Pontuação: 6,419

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).