10 transferências mais caras da história do futebol

Não surpreende o fato de o esporte mais popular do mundo ser um dos que mais movimenta dinheiro. Para se manterem competitivos, os clubes aumentam constantemente seus orçamentos para contratar os melhores jogadores.

LEIA MAIS: A vergonhosa diferença de pagamento entre gêneros no futebol

Segundo dados do CIES Football Observatory deste ano, o PSG é o time que mais investiu na última janela de transferências, com um total de US$ 515 milhões. Um relatório da empresa de consultoria financeira britânica Deloitte também revela números impressionantes: os times da Premier League gastaram US$ 1,85 bilhão só na temporada de 2015-2016.

A transferência de Neymar para o Paris Saint-Germain é a mais cara de todos os tempos. O clube parisiense gastou US$ 273,5 milhões para contratar o jogador. A estrela do futebol ainda aparece mais uma vez na lista: a venda para o Barcelona por US$ 106,2 milhões, em 2013, ocupa a 8ª posição.

Em janeiro deste ano, o time catalão realizou a maior contratação de sua história, ao trazer Philippe Coutinho, por US$ 197 milhões. Há cinco anos, o brasileiro havia sido vendido ao Liverpool por US$ 16 milhões.

Veja, na galeria de fotos a seguir, as 10 transferências mais caras da história do futebol:

  • 10) Virgil van Dijk – US$ 104,1 milhões
    Southampton – Liverpool (2018)

    A transferência do holandês para o Liverpool custou ao clube US$ 104,1 milhões, novo recorde para um zagueiro. No seu jogo de estreia, em janeiro deste ano, Van Dijk marcou o gol da vitória contra o Everton, pela Copa da Inglaterra.

  • 9) Romelu Lukaku – US$ 104,5 milhões
    Everton – Manchester United (2017)

    O Manchester United pagou US$ 104,5 milhões pelo belga, que se tornou o atacante mais caro da história do futebol inglês. Desde a transferência, o craque marcou 25 gols pelo pelo time.

  • 8) Neymar – US$ 106,2 milhões
    Santos – Barcelona (2013)

    O primeiro contrato internacional do Neymar também é um dos mais caros da história do esporte. O atacante, na época com 21 anos, também foi alvo de interesse de outros grandes clubes europeus, como o Real Madrid, Chelsea e Manchester United.

    No Brasil, Neymar ajudou o Santos a ter uma de suas melhores fases desde a saída de Pelé. E não foi diferente no Barcelona. Em quatro anos, o jogador conquistou dez títulos e marcou 105 gols.

  • 7) Gonzalo Higuaín – US$ 110,8 milhões
    Napoli – Juventus (2016)

    O jogador foi contratado pela Juventus por US$ 110,8 milhões na transferência mais cara da história do futebol italiano. O valor pago pelo clube de Turim é maior que o dobro investido pelo Napoli, em 2013 (€ 55,5 milhões).

  • 6) Cristiano Ronaldo – US$ 115,8 milhões
    Manchester United – Real Madrid (2009)

    A transferência de um dos melhores jogadores desta geração quebrou o recorde na época, colocando Cristiano Ronaldo na primeira posição desta lista por quatro anos. Eleito cinco vezes o melhor do mundo, CR7 contabiliza 651 gols ao longo de toda a carreira, dos quais 120 foram marcados na Liga dos Campeões, o que o torna o maior artilheiro da competição.

  • 5) Gareth Bale – US$ 123,2 milhões
    Tottenham – Real Madrid (2013)

    O galês se tornou o jogador mais caro do mundo com a transferência para o Real Madrid, em 2013. Este ainda é o maior acordo realizado pelo clube espanhol, no qual Bale contabiliza 81 gols.

  • 3) Paul Pogba – US$ 129,4 milhões (empate)
    Juventus – Manchester United (2016)

    O Manchester United contratou Pogba por um valor recorde, em agosto de 2016. A contratação do meia para o antigo clube custou quase 130 vezes mais do que foi pago pela Juventus, que investiu cerca de um milhão, em 2012.

  • 3) Ousmane Dembélé – US$ 129,4 milhões (empate)
    Borussia Dortmund – Barcelona (2017)

    O atacante francês de apenas 20 anos ganhou a atenção do Barcelona após jogar um ano pelo Borussia Dortmund. O acordo é a maior venda realizada por um clube alemão na história.

  • 2) Philippe Coutinho – US$ 197 milhões
    Liverpool – Barcelona (2018)

    O Barcelona realizou a maior contratação da história do time, e a segunda do futebol, na janela de inverno deste ano. Apesar de recente, Philippe Coutinho já teve a oportunidade de mostrar seu potencial, ao marcar três gols com a camisa do Barça.

  • 1) Neymar – US$ 273,5 milhões
    Barcelona – Paris Saint-Germain (2017)

    Os US$ 273,5 milhões pagos pelo Paris Saint-Germain tornam a transferência do atacante brasileiro a mais cara de todos os tempos. Neymar também é o jogador com maior valor de mercado, US$ 261,2 milhões, segundo o CIES Football Observatory.

10) Virgil van Dijk – US$ 104,1 milhões
Southampton – Liverpool (2018)

A transferência do holandês para o Liverpool custou ao clube US$ 104,1 milhões, novo recorde para um zagueiro. No seu jogo de estreia, em janeiro deste ano, Van Dijk marcou o gol da vitória contra o Everton, pela Copa da Inglaterra.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).