10 atletas mais bem pagos do mundo em 2018

Contratos milionários de televisão estão estabelecendo recordes para os atletas mais bem pagos do planeta. Isso é mais evidente na NBA do que em qualquer outro esporte, modalidade na qual os jogadores se beneficiaram com a alta no teto salarial em 2016 como resultado do início do contrato de TV de US$ 24 bilhões da liga, o triplo da taxa anual anterior. O resultado: 40 jogadores da NBA entraram no ranking 100 Atletas Mais Bem Pagos do Mundo da FORBES, quebrando o recorde de 32 do ano passado.

LEIA MAIS: 10 tenistas mais bem pagos da temporada 2018

Mas nem mesmo todo o sucesso dentro e fora da quadra das maiores estrelas da NBA é capaz de alcançar um trio de estrelas do futebol e uma dupla de lutadores que se enfrentou em uma noite histórica em agosto passado. O principal ganhador da NBA, LeBron James, acumulou US$ 85,5 milhões, incluindo patrocínios, nos últimos 12 meses, para ficar em 6o lugar entre os atletas mais bem pagos.

O boxeador Floyd Mayweather está na liderança do ranking pela quarta vez em sete anos, graças a um pagamento de US$ 275 milhões pela sua luta de boxe contra o astro do UFC Conor McGregor em agosto de 2017. Os dois lutadores desafiaram opositores que apostavam que o combate nunca aconteceria. O ganho de McGregor é de cerca de US$ 85 milhões, valor cinco vezes maior do que o pagamento mais alto que já havia recebido.

Cristiano Ronaldo foi o atleta mais bem pago do mundo nos últimos dois anos, e a estrela do Real Madrid superou Lionel Messi nos dois anos de prêmio de Jogador do Ano da FIFA. Mas, neste ano, o argentino superou o rival depois de uma extensão do contrato com o Barcelona ​​que o manterá no clube até a temporada de 2020-2021. O salário anual e os bônus de Messi totalizam um valor bruto de US$ 80 milhões, fazendo dele o jogador de futebol mais bem pago de 2018. Ele ocupa o 2o lugar geral com US$ 111 milhões, incluindo os US$ 27 milhões de parcerias com a Adidas, Gatorade, Pepsi e Huawei.

Neymar é o terceiro astro do futebol no Top 5. No geral, o brasileiro subiu 13 posições, para o 5o lugar, com uma renda de US$ 90 milhões, incluindo os US$ 19 milhões de patrocínios. Em agosto do ano passado, o atacante brasileiro assinou um contrato de cinco anos com o Paris Saint-Germain no valor de US$ 350 milhões.

Veja, na galeria de fotos a seguir, 10 atletas mais bem pagos do mundo em 2018 e os brasileiros que fazem parte da lista:

  • 56. Oscar, brasileiro

    Ganho total: US$ 27,4 milhões
    Salários/Bônus: US$ 25,9 milhões
    Patrocínios: US$1,5 milhão
    Modalidade: futebol

  • 10. Matthew Stafford, norte-americano

    Ganho total: US$ 59,5 milhões
    Salário/Bônus: US$ 57,5 milhões
    Patrocínios: US$ 2 milhões
    Modalidade: futebol americano

  • 9. Matt Ryan, norte-americano

    Ganho total: US$ 67,3 milhões
    Salário/Bônus: US$ 62,3 milhões
    Patrocínios: US$ 5 milhões
    Modalidade: futebol americano

  • 8. Stephen Curry, norte-americano

    Ganho total: US$ 76,9 milhões
    Salário/Bônus: US$ 34,9 milhões
    Patrocínios: US$ 42 milhões
    Modalidade: basquete

  • 7. Roger Federer, suíço

    Ganho total: US$ 77,2 milhões
    Prêmios: US$ 12,2 milhões
    Patrocínios: US$ 65 milhões
    Modalidade: tênis

  • 6. LeBron James, norte-americano

    Ganho total: US$ 85,5 milhões
    Salário/Bônus: US$ 33,5 milhões
    Patrocínios: US$ 52 milhões
    Modalidade: basquete

  • 5. Neymar, brasileiro

    Ganho total: US$ 90 milhões
    Salário/Bônus: US$ 71 milhões
    Patrocínios: US$ 19 milhões
    Modalidade: futebol

  • 4. Conor McGregor, irlandês

    Ganho total: US$ 99 milhões
    Prêmios: US$ 85 milhões
    Patrocínios: US$ 14 milhões
    Modalidade: artes marciais

  • 3. Cristiano Ronaldo, português

    Ganho total: US$ 108 milhões
    Salário/Bônus: US$ 61 milhões
    Patrocínios: US$ 47 milhões
    Modalidade: futebol

  • 2. Lionel Messi, argentino

    Ganho total: US$ 111 milhões
    Salário/Bônus: US$ 84 milhões
    Patrocínios: US$ 27 milhões
    Modalidade: futebol

  • 1. Floyd Mayweather, norte-americano

    Ganho total: US$ 285 milhões
    Prêmios: US$ 275 milhões
    Patrocínios: US$ 10 milhões
    Modalidade: boxe

56. Oscar, brasileiro

Ganho total: US$ 27,4 milhões
Salários/Bônus: US$ 25,9 milhões
Patrocínios: US$1,5 milhão
Modalidade: futebol

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).