Negócios

De lavador de pratos a dono de uma das maiores redes de churrascaria do país

Aos 14 anos, o gaúcho Arri Coser começou a trabalhar em restaurante, atuando nas mais diversas funções – de lavador de pratos a garçom. Com apenas alguns tostões no bolso, tinha um sonho: ser dono de uma grande churrascaria. Em 1979, ao lado do irmão Jair, deu seu primeiro grande passo. Abriu um restaurante simples em Porto Alegre, negócio que se transformaria em um verdadeiro império da carne chamado Fogo de Chão.

Fundador e gestor da marca por mais de 30 anos, o empresário chegou a abrir cerca de 23 filiais, sendo a maior parte nos Estados Unidos. Em 2011, vendeu a rede composta então por 25 unidades e uma receita de US$ 195 milhões para a GP Investiments. O valor da venda ele não revela até hoje.

O segredo do sucesso? “Poderia ficar dias a fio listando as razões pelas quais obtemos sucesso na vida. Mas o mais importante foi desenvolver a sensibilidade de perceber a hora de avançar e frear nos negócios.

Reconhecer as oportunidades na hora em que surgiram. E trabalho duro, é claro.” Independentemente da hora que se escolha atuar, ele diz ser essencial ter foco. “Permanecer full time nos negócios. E fazer projeto de longo prazo, no mínimo de 15 ou 20 anos.”

Com milhões no bolso, Coser poderia ter se aposentado. Mas não: surpreendeu o mercado ao anunciar o projeto da marca NB Steak, um rodízio de carnes nobres. E não é só isso. Aos 51 anos, ele também acaba de montar o empório de carnes NB Market, que oferece cortes de carne premiados, vinhos, cervejas especiais e cachaça. Arri está no comando da expansão das marcas Maremonti Pizza & Cucina, cujo intuito é criar uma rede nacional de pizzarias.

Topo