Negócios

Facebook pode ter faturado milhões com o Desafio do Balde de Gelo

O Desafio do Balde de Gelo levantou mais de US$ 100 milhões para a investigação sobre a doença neurológica degenerativa. Mas todo o fenômeno também foi muito bom para o Facebook, que viu um grande aumento em particular no consumo de vídeo, em torno da campanha. Vídeos do desafio foram vistos mais de 10 bilhões de vezes e mais de 440 milhões de pessoas, de acordo com a rede social.

Mas qual foi o valor real que o Desafio do Balde de Gelo trouxe realmente para o Facebook? É difícil dizer, já que a plataforma não monetiza os vídeos diretamente com publicidade. Nos EUA, o epicentro do fenômeno, o Facebook teve US$ 1,3 bilhão em receita durante o último trimestre financeiro, US$ 1,2 bilhão veio de publicidade. O Facebook tem 204 milhões de usuários ativos mensais na região, e o usuário médio gasta 40 minutos por dia com o serviço.

É preciso, no entanto, descobrir qual é o tempo gasto assistindo o desafio. Isso é mais complicado: já que os vídeos da sua time line começam a reproduzir automaticamente, o Facebook considera assistido se ele começa a rodar e você não desce a página em um pequeno período de tempo. Então, pode-se dizer que, arbitrariamente, a peça média foi de cinco segundos. Isso daria um total de 883 milhões minutos gastos. Multiplique isso por a taxa de monetização e chega-se a US$ 1,4 milhões (aproximadamente R$ 3,2 milhões).

Este número pode ser questionado por diferentes motivos. Por outro lado, ele não leva em conta todas as outras formas de engajamento além de visualizações de vídeos da campanha – gostos, comentários, ações, etc.

Topo