Negócios

HP se dividirá em duas empresas e cortará 5.000 funcionários

A gigante dos computadores e impressões Hewlett-Packard (HP) confirmou na semana passada que planeja dividir-se em duas empresas de capital aberto. A empresa também apresentou um plano de cortar mais de 5.000 empregos e se comprometeu a investir o dinheiro economizado com o menor número de funcionários em pesquisa e desenvolvimento.

Até o final de 2015, a HP que é conhecida hoje deixará de existir: a gigante de tecnologia irá dividir-se em uma empresa focada em servidores, software e tecnologia de nuvem, e outra empresa com foco nos computadores e impressoras. A empresa focada em nuvem, a que será nomeada como Hewlett-Packard Enterprise, será liderada pelo atual CEO Meg Whitman; a segunda empresa será nomeada HP Inc. e liderada por Dion Weisler, que atualmente está como vice-presidente executivo de negócio de impressão e sistemas pessoais da HP.

“A decisão de separar a HP em duas empresas líderes de mercado reforça nosso compromisso com o plano de recuperação. Ele irá fornecer a cada nova empresa independência, foco, recursos financeiros e flexibilidade que precisam para se adaptar rapidamente à dinâmica do mercado e dos clientes, gerando valor em longo prazo para os acionistas”, disse Whitman em um comunicado na segunda de manhã. “Estaremos em uma posição ainda melhor para competir no mercado, apoiar os nossos clientes e parceiros, e entregar o máximo de valor aos nossos acionistas.”

 

Topo