Negócios

Maior bilionário de cassinos na Ásia é… norte-americano

O maior bilionário da área de apostas na Ásia é um norte-americano. O CEO do Las Vegas Sands (LVS), Sheldon Adelson, está no topo do ranking “Asian Gaming 50”, dos principais nomes da área. A LVS opera quatro propriedades em Macao por meio de sua subsidiária Sands China, no qual o Sr. Adelson atua como presidente.

“Se as pessoas acordassem amanhã de manhã e todos os resorts em Macau tivessem ido embora”, disse um dos principais analistas do mercado de ações, “o único que as pessoas notariam que estava faltando seria o Venetian.”

Quando foi inaugurado, em 2007, o Venetian foi eleito o segundo maior edifício do mundo, atrás da fábrica de montagem da Boeing. O Venetian Macao inclui 2.900 quartos, 96.000 m², uma arena de 15.000 lugares e 1.800 cadeiras de teatro. A sala de jogos foi projetada para 1.100 mesas e 7.000 máquinas de jogos eletrônicos, mas foi cortada para cerca de 600 mesas e 2.000 máquinas.

O que é realmente especial sobre o Venetian Macao não é o que está dentro, mas o que está fora. Ele foi o primeiro resort no Cotai, um ex-aterro sanitário de dois km². Foi originalmente concebido como um centro para os fabricantes de chips de Taiwan, e em seguida, designado como uma nova cidade residencial. Mesmo que Macao esteja entre os lugares mais povoadas da Terra, sua população se encheu de imigrantes da China continental durante os anos 1980 e 90, e ninguém queria construir no Cotai. Ninguém, isto é, exceto Sheldon Adelson.

O Venetian Macao está entre atrações imperdíveis da cidade, mesmo para pessoas que nunca apostam nada. Dentro da indústria de jogos, ele é o arquétipo de um resort integrado que proporciona as maiores margens de contentamento na indústria.

Topo