Negócios

O creminho mais vendido da França desembarca no Brasil

A França é a capital mundial dos cosméticos, todo mundo sabe disso. A começar pelas brasileiras, que, obrigatoriamente, transformam as farmácias francesas em uma espécie de pré-duty-free antes de retornar de viagem. Embora o Brasil ande cada vez mais bem servido em fragrâncias, loções hidratantes e produtos para cabelo, rosto e corpo, ainda há uma quantidade enorme de marcas europeias de cosméticos desconhecidas por aqui. Muitas, por serem mais locais, de ingredientes majoritariamente naturais ou de menor porte, jamais desembarcarão no país. Algumas, como é o caso da Topicrem, marca de dermocosméticos do laboratório farmacêutico Mayoly Spindler – o sétimo maior da França –, acabam de aterrissar em solo nacional para desbravar o mercado hoje considerado o terceiro maior do mundo, atrás apenas dos Estados Unidos e do Japão.

O plano inicial da companhia familiar que faturou 160 milhões de euros em 2013 era iniciar sua operação no Brasil em 2005. O sonho, no entanto, foi adiado e só se concretizou agora. Em visita recente ao país, Jean-Nicolas Vernin, CEO e herdeiro da companhia, conversou com FORBES Brasil. “O Brasil é o primeiro país do mundo onde iniciamos uma subsidiária pela área de dermocosméticos e não pela farmacêutica, o que indica o enorme potencial do mercado”, explica.

Uma das estrelas da Topicrem, marca que está presente em 50 países e responde por 10% da receita do laboratório farmacêutico, é o Leite Corporal Ultra Hidratante, com 2% de ureia e 10% de glicerina e a promessa de amenizar os sinais de ressecamento da pele por até 24 horas. Ele foi criado para tratar o problema de eczema do irmão de Vernin, ainda criança. “Meu pai o criou porque o que havia à época, na França, eram produtos muito oleosos, ruins de usar.” Foi assim que, em 1993, nasceu o produto que buscava oferecer conforto e alívio em uma textura fluída de alta hidratação sem ser gordurosa. Hoje, segundo a IMS Health, consultoria que analisa vendas em farmácias e drogarias, o produto da Topicrem é o número um em vendas de leites hidratantes corporais na França, na embalagem grande.

É esse produto, assim como um outro com a função de SOS Corporal Reparador, que começa a desembarcar no país em pontos de vendas como a Drogaria Iguatemi, em São Paulo. Após fazer um trabalho com os dermatologistas, Vernin quer importar ao Brasil suas outras linhas de produtos, a exemplo do facial anti-idade com filtro solar 50 e do antimanchas, e também medicamentos. Ele admite que, futuramente, estuda a possibilidade de fabricar no país. Em cinco anos, a meta é faturar 1 milhão de euros por ano com seus dermocosméticos.

No Brasil, a Topicrem vai disputar diretamente os consumidores acostumados a usar os dermocosméticos das também francesas Vichy e La Roche-Posay (marcas globais e fortes da L’Oréal), Avène, dentre outras referências na área. Mas o que leva Topicrem a entrar na briga com esses pesos-pesados? “Temos três receitas para o sucesso: a fórmula de qualidade, o preço acessível e o produto voltado a toda família”, aposta.

 

Topo