Negócios

Real Madrid apresenta maior receita da história do esporte

Potência do futebol, o Real Madrid ganhou seu décimo título da Liga dos Campeões neste ano. Levando para casa o prêmio máximo da Europa pela primeira vez desde 2002, a equipe sofreu um “jejum” de títulos de 12 anos, mas fora de campo se estabeleceu como clube mais forte financeiramente do esporte.

Sexta-feira o clube anunciou seus resultados para o ano de 2013/2014, que incluiu uma receita de € 603,9 milhões (R$ 1,7 bilhão), até 10,9% sobre o ano anterior. Estes números marcam a maior receita registrada na história dos esportes coletivos profissionais.

O time, liderado pelo ícone do futebol Cristiano Ronaldo, é a franquia esportiva mais valiosa do mundo, valendo US$ 3,4 bilhões (R$ 7 bilhões). O presidente do clube, Florentino Pérez destacou essa conquista ao anunciar os resultados na última sexta-feira (5). “Pelo terceiro ano consecutivo, a FORBES nos considerou o clube mais valioso do mundo”.

A vitória da Liga dos Campeões significa um pagamento de US $ 78 milhões (R$ 179 milhões). As receitas comerciais do clube são impulsionadas por um acordo de U$ 41 milhões (R$ 94 milhões) por ano com a Adidas. Renovado em 2012 com validade em 2020, foi o maior negócio no esporte antes de o Manchester United assinar seu contrato de 10 anos de US$ 1,3 bilhão (R$ 2,9 bilhões) com a Adidas, em julho.

Receita gameday do Real vai ter um impulso a partir de uma proposta de reforma de US $ 540 milhões seu estádio histórico, Santiago Bernabeu, que está prevista para ser concluída em 2017 renovações potenciais incluem um teto retrátil, novo exterior e milhares de lugares adicionais adicionados à capacidade atual de 81.044 . Real pode pagar. Os lucros para a temporada 2013-14 subiu 4,4% para US $ 51 milhões ea dívida recuou 21%, para US $ 94 milhões.

 

Topo