Negócios

Recém-formado ganha US$ 66.000 em um mês sem trabalhar em período integral

Depois do seu primeiro ano na Universidade Brigham Young, Nick Walter, 25 anos, conseguiu um ótimo estágio de verão em um escritório da Pariveda Solutions, uma empresa de consultoria em tecnologia. Embora tenha gostado do trabalho, dos colegas e dos clientes, sentiu-se sufocado. Ele estava acostumado a jeans e camiseta e não se sentia bem com polo e calça social. “Eu odiava ter de ficar no escritório todo dia por um número exato de horas fazendo o que eles me mandavam fazer.”

Em vez de continuar na suposta carreira que esperava para si mesmo, decidiu voltar à faculdade por parte do tempo pelos dois anos seguintes, enquanto desenvolvia aplicativos para iPhone. Um deles, chamado “Vídeos de Levantamento de Peso”, chegou a arrecadar US$ 1.200 por mês. Com isso, ele percebeu que tinha algo lucrativo nas mãos.

Sua inspiração foi o livro de Tim Ferris, “The Four-Hour Work Week” (“As Quatro Horas de Trabalho Semanais”, em tradução livre), em que o empreendedor fala que o melhor negócio em que se pode estar é o da educação. Walter saiu da universidade em maio deste ano e, quando a Apple anunciou que estava introduzindo uma nova linguagem de programação, teve uma ideia: aprender esta linguagem, ensiná-la em vídeos e vendê-los, como um curso.

“Tudo o que eu fiz pelos próximos quatro dias foi me focar nessa programação”, conta Walter. “Eu acordava, comia, aprendia, ensinava, comia, aprendia, ensinava, comia, dormia… Desliguei meu celular e me tranquei no meu quarto.” Ele trabalhou de pijama gravando sua voz e fazendo capturas de tela, que no final, tornaram-se 50 vídeos. Em quatro dias.

Ele colocou os vídeos no site Udemy, três dias após o lançamento da Apple, para visualização gratuita durante um dia. Depois, começou cobrar US$ 199 para o acesso. Foi um sucesso tão grande que, em 30 dias, faturou US$ 40.000.

Mas Walter não estava satisfeito. Decidiu, então, colocar um vídeo promocional no site de crowdfunding Kickstarter oferecendo seu curso por apenas US$ 29. Em um mês, seu faturamento subiu US$ 66.000. Uma marca impressionante: apenas 41% dos projetos iniciais do site alcançam as metas, e apenas 14% deles ganham mais de US$ 22.000. Shannon Hughes, diretor de marketing da Udemy, explica que não é comum ter pessoas que conseguem ganhar tanto dinheiro em tão pouco tempo.

O que Walter está fazendo com tanto dinheiro? Ele paga US$ 350 por mês em aluguel da casa que divide com quatro colegas, faz a maioria das suas refeições em fast foods e comprou um carro no valor de US$ 9.000. O restante ele está guardando, já que seus pais pagam sua faculdade.

Topo