Negócios

De festas de faculdade a um faturamento de R$ 5 milhões

A história pode parecer comum. Cinco amigos, na faixa dos 23 anos, estudam na mesma faculdade e amam festas. O diferente começa aqui: por estudarem em cursos separados, Marcelo Gonçalves, Vitor Pedrosa, Fernando Sotrate, Renato Figueiras e Myliano Salomão tiveram a ideia de realizar uma festa para integrar alunos de administração, odontologia e direito.

Ao final, surgiu um lucro de R$ 300 para cada. Eles decidiram continuar e reverteram o dinheiro para realizar outras edições. Assim, o evento tornou-se uma das maiores festas universitárias de Juiz de Fora (MG), com um público de 10.000 pessoas.

Depois de acabar a faculdade, o grupo focou em festas de formatura e, assim, nasceu a Viva Eventos. “Descobrimos um mercado que ainda tinha muito para ser explorado”, explica Pedrosa, diretor de expansão da empresa. “Quando começamos, traçamos uma meta de fechar pelo menos 50 contratos. O que aconteceu foi uma surpresa e quando vimos já tínhamos fechado mais de 100.”

Cerca de cinco anos estabelecidos em Juiz de Fora, a empresa viu demanda em outros lugares e, em 2011, abriram seu escritório na capital, Belo Horizonte. Até o momento, as duas unidades eram próprias, mas surgiu a pergunta: por que não expandir? A solução foi o sistema de franquias. Hoje, a Viva tem 12 unidades no país.

“O primeiro ano em BH foi realmente difícil. Estávamos acostumados com um estilo de mercado e lá as coisas funcionavam de maneira completamente diferente”, conta Pedrosa. Apesar disso, a grande dificuldade no início era a credibilidade. “Nós tínhamos de entregar um produto que não tinha nada. Não tinha vídeo de divulgação, não tinha projetos anteriores… Nossa credibilidade era pequena.”

O diretor de expansão conta que o essencial para que eles conseguissem se ingressar no mercado e alcançarseus objetivos foi entender as necessidades dos clientes e, além disso, oferecer um atendimento diferenciado. “Hoje, depois de superar todas as dificuldades iniciais, nosso maior desafio é manter a qualidade do produto que oferecemos”.

Entre os serviços oferecidos pela Viva estão assessoria e consultoria financeira e planejamento e execução das festas. A empresa pretende faturar R$ 5 milhões até o final de 2014 com um crescimento de 30% ao ano nos últimos dois anos. “Pretendemos acabar o ano de 2015 com mais 10 novas unidades ao redor do país”, completa Pedrosa. A festa não pode parar.

Topo