Negócios

CEO da Ford espera carros autônomos no mercado em cerca de cinco anos

A Ford decidiu recentemente expandir sua presença em Palo Alto, Califórnia, passando de um time de vinte pesquisadores para um de 125, incluindo engenheiros e cientistas. Isso faz com que a empresa automobilística tenha uma das maiores equipes de pesquisa de todo o Vale do Silício.

“Uma das lições mais importantes que aprendemos com o Vale do Silício é atrair e manter os talentos dentro de nossa empresa e para fazer isso é preciso fornecer um trabalho interessante e uma boa recompensa”, afirma o CEO da Ford Mark Fields.

Existem, hoje, veículos semiautônomos já vagando pelas ruas, e isso é, sem dúvidas, o início para o desenvolvimento desta nova categoria automotiva. Segundo Fields, o interesse em ampliar a presença Vale do Silício é parte da vontade de acelerar o desenvolvimento do carro inteligente da marca.

“Esperamos que em cerca de cinco anos as pessoas já comecem a ver carros autônomos pelas ruas ao redor do mundo.” Para o CEO, é possível que a Ford ainda não tenha o seu modelo no mercado neste período de tempo. “Nós queremos colocar em circulação somente quando tivemos certeza de que é acessível para todo mundo.”

Topo