Negócios

Conheça o High There!, o Tinder para quem fuma maconha

Uma startup norte-americana acaba de desenvolver um aplicativo muito similar ao popular Tinder. A diferença, no entanto, é público:  juntar os corações daqueles que gostam de fazer uso da cannabis.

Além de preferências de sexo e localidade, o High There! é otimizado para filtrar os perfis dos candidatos de acordo com os hábitos de consumo da planta. Uma das questões, por exemplo, é sobre qual maneirar a pessoa prefere curtir a maconha: no vaporizador, no bong ou na seda.

O CEO e criador do projeto, Todd Mitchem, conta que a ideia surgiu após um encontro terminar abruptamente após a parceira descobrir que ele faz uso da planta. “Nós queremos criar uma tecnologia para resolver o problema de milhões de consumidores de maconha que encontram dificuldade em se conectar e construir relacionamentos com aqueles que não fumam”, explica.

Por enquanto, o aplicativo só funciona na área de Denver, no Colorado, mas está liberado para os outros 23 estados norte-americanos onde ao menos o uso medicinal da cannabis é permitido.  O High There! está disponível apenas para Android, mas a versão para iOS deve chegar nos próximos dias.

Topo