Negócios

Startup israelense cria celular para quem não pode usar as mãos

A startup israelense Sesame Enable criou o Sesame Phone, um dispositivo programado para ler o movimento da cabeça das pessoas para que elas nunca tenham que tocar a tela de um celular com as mãos. O aparelho foi construído especialmente para aqueles que sofrem de paralisia.

Algumas semanas atrás eles completaram a venda de 50 aparelhos em uma campanha da Indiegogo que levantou US$ 32 mil. Não muito depois, o projeto foi premiado e os criadores receberam US$ 1 milhão.

Oded Bendov, CEO da empresa, teve a ideia do Sesame Phone logo após participar de um programa de TV israelita sobre um novo jogo para celular no qual as pessoas podem controlar os movimentos com a cabeça. Ele recebeu uma ligação de Giora Livne pedindo que o ajudasse pois era deficiente e queria usar um celular.

O prêmio de US$ 1 milhão será usado para acelerar o desenvolvimento do celular e conseguir coloca-lo no mercado, segundo Bendov.

Topo