CEO do McDonald’s afirma que não vai “aposentar” Ronald McDdonald

Getty Images
Getty Images

Steve Easterbrook, CEO da rede de fast food McDonald’s, defendeu o personagem mais famoso da marca, Ronald McDonald, na reunião anual que a empresa promove com seus acionistas.

Membros da Corporate Accountability, empresa investidora que critica regularmente as ações de marketing da companhia, se colocaram contra a imagem do personagem e exigiram que o McDonald’s retirasse o Ronald. Além disso, foram contra o marketing feito para crianças, afirmando que isso ajudava no índice de obesidade.

Durante a reunião, a empresa teve o apoio de ao menos um acionista que levantou a questão de que pessoas importantes como Sharon Stone e Jeff Bezos, CEO da Amazon, já trabalharam para o McDonald’s.

Easterbrook, que assumiu o cargo em março, está lutando para mudar a imagem da rede para associá-la a uma imagem mais moderna.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).