Negócios

iPhone ou Android? Dilema também fará parte da compra de carros

Joann Muller

Reprodução FORBES

Reprodução FORBES

Quem compra um carro não quer um sistema complexo, difícil de mexer. As pessoas querem a mesma facilidade que têm com seus smartphones. Por isso, há algum tempo a Ferrari passou a oferecer o Apple CarPlay, que deixa a tela do carro similar à do iPhone, com os ícones quadrados e fácil de mexer.

Nesta semana, a Hyundai anunciou que lançará o sistema Android Auto, feito pelo Google. O primeiro carro com o dispositivo será o Sonata 2015.

A CEO da Gemeral Morots, Mary Barra, disse que os carros da Chevrolet terão parceria tanto com a Apple quanto com o Google. Assim, 14 modelos de carro terão a disponibilidade para operar de acordo com o smartphone do motorista.

“Para muitos de nós, os celular são essenciais”, disse Barra em uma declaração. “Fazer parceria tanto com a Apple quanto com o Google mostra como a Chevrolet continua democratizando a tecnologia que é importante para nossos clientes.” Os 14 modelos escolhidos pela marca representam 51% das vendas da Chevrolet no último ano. Entre os escolhidos estão o Cruze, Malibu, Camaro, Volt e Spark e as versões com CarPlay ou Android Auto estarão disponíveis a partir do meio de 2016.

 

O CarPlay e o Android Auto funcional conectando o smartphone ao carro com um cabo USB. Ao apertar o botão com o nome do sistema, a tela se torna similar ao display do celular. O dispositivo da Apple tem os mesmos ícones, como telefone, mensagens, mapas, contatos, calendário, música e outros. O Android Auto é bastante parecido, mas é todo construído em torno do Google Maps e do Google Now. É possível usar também WhatsApp, Skype e mais aplicativos. Ambos os sistemas podem ser operados por comando de voz, para evitar que os motoristas se distraiam.

 

A Ford também promete ter os dois sistemas em seus carros até o fim de 2016.

Comentários
Topo