Negócios

Maior companhia de drones do mundo investe US$ 10 mi em robôs voadores

Ryan Mac 

 

Istock

Istock

 

A maior empresa de drones do mundo, a chinesa DJI, anunciou nesta quarta-feira (27) que fará um investimento de US$ 10 milhões junto à empresa de fundos Accel Partners para apoiar novos negócios por trás de veículos aéreos não nomeados. O investimento, conhecido como SkyFund, vai permitir que a DJI se tornasse uma plataforma de referência para a indústria de drones comerciais.

O fundo provavelmente vai crescer, de acordo com um representante da Accel. Recentemente, a companhia de fundos investiu US$ 75 milhões na DJI, o que elevou seu valor de mercado para US$ 8 bilhões.

“Há muita atividade ao redor do ecossistema de drones em relação a componentes tecnológicos e nós vamos investir em ideias novas e criativas”, afirmou Sameer Gadhi, da Accel.

Para a DJI, o SkyFund é uma forma de defender sua liderança no crescente indústria de drones. Enquanto especialistas afirmam que as vendas de US$ 500 milhões da companhia em 2014 representam 70% do mercado, a DJI enfrenta novos concorrentes, como a francesa Parrot and Berkeley e a norte-americana 3D Robotics.

A companhia, no entanto, não ficou parada enquanto outras surgiam. No fim do ano passado, a DJI anunciou seu primeiro kit de desenvolvimento de software par engenheiros. SkyFUnd vai focar em empresas que usam esse kit para criar ferramentas de mapeamento, captura de imagem, vigilância para agricultura e inspeção.

Além de financiar novas companhias, a DJI quer providenciar também pesquisas de marketing até suporte técnico para as empresas ligadas ao SkyFund. Serão tomadas providências para que não haja competição entre produtos dessas start ups e a DJI.

Comentários
Topo