Negócios

Instagram muda forma de anúncios para serem mais eficientes (e venderem mais)

Redação

Getty Images

Getty Images

O Instagram começou a testar postagens patrocinadas há poucas semanas. Entre as fotos de quem o usuário segue, há anúncios de lojas e marcas. Agora, a escolha do público-alvo não será mais aleatória.

A empresa declarou que, em breve, analisará os dados de quem usa a rede para ver o que eles fazem no tempo livre e os perfis que seguem para oferecer produtos e serviços condizentes com o perfil da pessoa. Parece familiar? É basicamente o que o Facebook, dono da rede, já faz.

Outro meio de atingir os usuários será usar sua localização. Assim, os anunciantes terão a opção de mandar mensagens a pessoas que estão em determinada região. Além de obter informações como idade, gênero e país, que já são cadastradas no Instagram.

Desse modo, as propagandas no aplicativo podem ser desde uma pizzaria perto de onde o usuário está até lojas de sapato. Todas as fotos terão a opção “compre agora” ou “instale já” e direcionarão para o perfil da marca.

Embora lembre o Facebook, o objetivo do Instagram é um pouco diferente: a ideia é que o consumidor fique com as marcas na cabeça. As mudanças darão ainda espaço para lojas menores e menos expressivas.

Comentários
Topo