Negócios

Aplicativo para identificar chamadas pode arrecadar US$ 1 bilhão

Reprodução/Androidcentral

Reprodução/Androidcentral

O Truecaller – aplicativo de identificação de chamadas – já tem 150 milhões de usuários e, por conta disso, planeja arrecadar entre US$ 100 milhões e US$ 1 bilhão. Especula-se que a companhia tenha contratado a Morgan Stanley, empresa especializada em investigação, para ajudar no processo.

Até agora, a True Software, que criou o Truecaller, já arrecadou US$ 80 milhões. O plano é conseguir fundos para fazer o produto crescer. Desenvolvido na Suécia, o aplicativo tem grandes mercados. O maior deles é a Índia, onde há 80 milhões de usuários. A empresa pretende aumentar seu público nos Estados Unidos e, para isso, construirá um escritório no país. A True Software espera que o app consiga alcançar a marca de 300 milhões de usuário ainda neste ano.

LEIA TAMBÉM: Nova atualização do Periscope permite cancelar notificações de usuários 

Para identificar os números, a empresa usa dados de companhias e de aplicativos como o Yelp, além de acrescentar contatos fornecidos pelos usuários. Ou seja, quem tem o app compartilha toda a sua lista de contato, mas pode escolher nomes para ficarem de fora, inclusive, eles mesmos. Além de dizer quem é a pessoa do outro lado da linha, o Truecaller prevê possíveis ligações que o usuário queira fazer, dependendo do dia e horário, segundo hábitos de uso. O app também bloqueia mensagens de números de spam.

A monetização da companhia se dá com serviços pagos dentro do aplicativo e com anúncios. O diretor do Truecaller na Índia afirma que, provavelmente, até o final do ano, haverá uma versão paga do produto.

O aplicativo existe desde 2009, mas sua popularidade é recente, na esteira do crescimento do número de pessoas com celular. O sucesso, no entanto, não significou só ganhar mais, mas também gastar mais. Em 2014, a empresa teve vendas líquidas de US$ 780.000 e perda líquida de US$ 9,8 milhões.

Ainda não é certo, mas há quem diga que, entre os novos investidores da empresa, estão o Google e o Twitter, do qual se espera não só investimento, mas uma parceria, o que não seria surpreendente. A Truecaller e o Twitter trabalham juntos desde 2013.

Comentários
Topo