Negócios

Em meio à crise, empresa brasileira de food service cria solução para reduzir custos com água e lixo

Divulgação

Divulgação

Sapore_logo-aiSustentabilidade é uma palavra que ganhou espaço em praticamente todos os mercados. Mas, no setor de Food Service, poucas empresas conseguem imprimir uma administração que respeite os limites do meio ambiente, evite desperdícios e reduza custos. A Sapore investiu muito nos últimos anos para que seus clientes tivessem a certeza de que estariam apoiando uma gestão sustentável na alimentação de seus colaboradores.

A Sapore é uma das maiores empresas de food service do Brasil, com mais de um milhão de refeições servidas diariamente. Está presente nas maiores empresas privadas do país e possui unidades na Colômbia e no México.

Essa pujança em números, no entanto, de nada serviria se não tivesse decretado guerra ao desperdício – especialmente numa época em que recursos vitais, como a água, mostram-se escassos e tal escassez pode gerar crises em todas as regiões do Brasil. A empresa procura contribuir para um mundo melhor e sustentável, tanto do ponto de vista econômico quanto do ambiental.

Um exemplo disso é a gestão, que unifica processos e busca a excelência. Ao concentrar várias atividades em centros de processamento, consegue reduzir o consumo de energia elétrica em 25%. Frutas, legumes e folhas já vêm higienizados das centrais. Isso implica em uma economia de água em torno de 35%.

Outra forma encontrada para gerir melhor as cozinhas é processar o lixo fora dos restaurantes. Com isso, reduziu-se o volume de lixo em 30% em cada unidade.

As centrais de processamento também reduzem em até 99% o risco de intoxicação alimentar, uma vez que quase não há manuseio de matéria prima nos locais nos quais as refeições são servidas.

Comentários
Topo