Negócios

Ford supera expectativas de analistas e tem um dos melhores trimestres da história

iStock

iStock

A Ford fechou o segundo trimestre de 2015 com lucro bruto de US$ 2,9 bilhões. O crescimento de 10% da empresa se deve principalmente aos bons resultados que teve na América do Norte. A Ford superou as expectativas dos analistas, que previam que a empresa teria ganho de US$ 0,07 por ação.

O lucro líquido da montadora teve aumento de 44% e chegou a US$ 1,9 bilhão, ou US$ 0,47 por ação. Apesar do bom número de vendas, a receita da companhia não teve grande crescimento: US$ 37,3 bilhões. O resultado é reflexo da alta do dólar no mundo todo.

“Tivemos um segundo trimestre incrível. A primeira metade de 2015 foi ótima e estamos confiantes de que o segundo semestre será ainda melhor”, afirma Mark Fields, CEO da Ford.

LEIA MAIS: McDonald’s tem queda de vendas no segundo trimestre de 2015

Na América do Norte, a Ford teve lucro bruto de US$ 2,6 bilhões, o melhor trimestre da história da empresa no subcontinente, apesar da queda no mercado, especialmente das pick-ups do modelo F-150. O diretor financeiro da empresa, Bob Shanks, disse que a companhia tenta preencher essa lacuna com caminhões, incluindo modelos mais populares. “Tínhamos menos de 90.000 veículos no nosso inventário no final do trimestre, mas precisávamos ter muito mais. Esperamos resolver essa questão até o final deste trimestre”, explica Shanks.

VEJA TAMBÉM: Ford cria bicicleta elétrica que se conecta a smartphone

Na Ásia, onde a Ford investiu muito para crescer, a companhia teve seu segundo melhor resultado na história. Por causa da desaceleração do mercado chinês, a empresa afirma que diminuirá suas vendas para, aproximadamente, 24 milhões de unidades. Se o número de veículos for menor que esse, será a primeira queda de compras na China desde 1990. Até o fim da década, a companhia espera vender 30 milhões de veículos por ano na região.

Shanks opina que, no geral, a empresa teve um trimestre muito bom, um dos mais fortes na história recente. “Temos mais quatro lançamentos mundiais neste ano passa completar os 16 que planejamos”, conta o diretor. “Estamos no caminho de entregar ótimos resultado para o resto do ano”.

Comentários
Topo