Negócios

Norte-americana cria empresa de controle de peste de US$ 10 mi em casa

Reprodução

Reprodução

Há quase três décadas, Kari Warberg Block morava no interior de Dakota do Norte, nos Estados Unidos. Ela levava uma vida simples: trabalhava em uma perfumaria e namorava um fazendeiro local. Certo dia, o fazendeiro pediu à Kari que o ajudasse a dar partida em um caminhão atolado. O problema é que o veículo estava infestado de ratos que correram em sua direção. Para se defender dos invasores, ela utilizou um perfume floral que estava em sua bolsa. “Eu pensei que, se me dava dor de cabeça, daria dor de cabeça nos ratos também”, brinca Kari.

Quando ela se casou, um de seus trabalhos era a manutenção dos equipamentos, que sofriam frequentemente com a praga de infestação de roedores. No entanto, o veneno utilizado era perigoso para os animais da fazenda e para os filhos do casal, além de deixar cadáveres de ratos espalhados pela propriedade. Assim, sua missão se tornou criar um produto orgânico para controle de peste e que não matasse os roedores, algo que não havia no mercado na época.

FOTOS: 4 Dicas de um dos idealizadores da Smart Fit para ter um negócio de sucesso

A ideia inusitada veio da necessidade: ela passou a utilizar o perfume para afastar a peste. Vista eficiência, ela distribuiu o produto para os vizinhos, que também aprovaram a solução. O resultado foi tão positivo que Kari passou a trabalhar com a universidade local para desenvolver um produto orgânico para controle de peste. Em 1993, ela recebeu um financiamento de US$ 5.000 do estado e patenteou seu novo produto.

Depois de um investimento de US$ 200.000 – que veio, em maior parte, de fundos do estado, ela recebeu em 2007 uma certificação ambiental para vender seu pesticida. Hoje, o Earthkind está disponível em 15.000 pontos de comércio e Kari espera que as vendas cheguem a US$ 10 milhões esse ano.

LEIA MAIS: Cariocas fazem sucesso (e dinheiro) com blog fitness

Antes sem ponto oficial, Kari trabalhava em casa. Atualmente, a sede da empresa fica em Bismark, capital da Dakota do Norte, e a fábrica com 45 funcionários, na Carolina do Norte.

Comentários
Topo