Negócios

Samsung ocupa primeiro lugar nas patentes de dispositivos wearable

Getty Images

Getty Images

A Samsung é a empresa que tem mais patentes de dispositivos tecnológicos que podem ser vestidos. O estudo foi feito pela companhia norte-americana Lux Research. Entre eles estão o smartwatch, que lê códigos de barra e reconhece gestos, e o celular que vira uma pulseira.

A empresa é responsável por 4% dos 41.301 dispositivos wearable que foram patenteados entre 2010 e maio de 2015. Em seguida está a Qualcomm, com 3% e, em terceiro lugar, a Apple, com 2,2%.

LEIA MAIS: Samsung cria protótipo para aumentar segurança nas estradas

O lugar ocupado pela Samsung não é uma surpresa, especialmente porque a empresa foi a primeira a lançar um smartwatch, em setembro de 2013, o Samsung Galaxy Gear. Apesar de ter sido pioneira, a companhia não teve muito sucesso com o relógio. Aproximadamente 30% dos Gears na rede de eletrônicos Best Buy foram devolvido menos de um mês do lançamento.

Os monitoramentos de saúde representam 10% dos dispositivos wearable. A área responde por 25% dos produtos Samsung. Outras companhias, tanto do ramo da tecnologia quanto de saúde, ficam muito atrás.

VEJA TAMBÉM: Novo Android copia recurso de câmera do iPhone

“Dispositivos que podem ser vestidos têm muito impacto na indústria da saúde, por isso a Samsung está em um lugar tão importante”, explica Tony Sum, da Lux Research.

Segundo a pesquisa, esse tipo de aparelho é usado especialmente para três funções: entretenimento, controle de dispositivos e substituição de smartphones. Esses fatores correspondem a 11% das compras de dispositivos wearable.

Comentários
Topo