Negócios

Ashley Madison oferece R$ 1,3 milhão de recompensa para quem denunciar hackers do site

ashley-madison-repforbes

Reprodução FORBES

O site Ashley Madison, que promove encontros extraconjugais entre usuários, divulgou, nesta segunda-feira (24), que irá oferecer uma recompensa de 500.000 dólares canadenses (cerca de R$ 1,34 milhão) a quem identificar os hackersresponsáveis pelo vazamento de informações sobre os clientes do serviço on-line.

A polícia da cidade de Toronto, no Canadá, já iniciou uma série de investigações sobre o vazamento do banco de dados do site, que resultou em extorsões de usuários, disseminação de vírus em computadores e até dois casos de morte, de pessoas que teriam cometido suicídio após ficarem sabendo da divulgação de suas informações pessoais.

LEIA TAMBÉM: Smartphones com Android podem ter digitais roubadas remotamente por hackers

Apesar de o site ter se recusado a sair do ar até que o problema fosse resolvido, a Avid Life Media, companhia proprietária do Ashley Madison, resolveu oferecer a recompensa milionária a qualquer um que tenha informaçõesque levem à prisão dos cibercriminosos.

Ainda segundo os policiais, os ataques vêm sendo cada vez mais denunciados pelos usuários. Até agora, mais de 30 milhões de informações de clientes do site já foram divulgadas. De acordo com o superintendente da polícia canadense Bryce Evans, desde a semana passada alguns processos judiciais já estão sendo movidos contra o site norte-americano.

Comentários
Topo