Negócios

Smartphones com Android podem ter digitais roubadas remotamente por hackers

iStock

iStock

Smartphones Android que reconhecem as digitais dos usuários podem estar vulneráveis a ataques remotos de hackers. É o que diz uma nova pesquisa divulgada no evento tecnológico “Black Hat” nesta quarta-feira (6) por Tao Wei e Yulong Zhan, da empresa de segurança digital FireEye.

Dispositivos grandes marcas como Samsung, Huawei e HTC que tenham leitores de digitais ainda são pequenos se comparados aos iPhones, pioneiros na tecnologia. No entanto, acredita-se que, até 2019, pelo menos metade dos smartphones no mundo tenham esta ferramenta.

VEJA TAMBÉM: 95% de celulares Android podem ser invadidos com apenas uma mensagem

A dupla identificou quatro tipos diferentes de ataques. Um deles chamou atenção. Registrado nos modelos HTC One Max e Samsung Galaxy S5, os hackers conseguiram copiar as digitais dos usuários e reproduzí-las sem nunca terem chegado perto do aparelho.

“Nestes casos, as digitais das vítimas caíram instantaneamente na mão dos criminosos, que podem guardá-las para o resto da vida e usá-las para o que quiserem”, afirmou Zhang na conferência.

Os pesquisadores não identificaram quais marcas ou aparelhos são mais seguros. No entanto, Zhang alertou que o iPhone, da Apple, é “bem seguro”, pois criptografa as digitais com um scanner.

Comentários
Topo