Uber faz parceria para desenvolver carros que dirigem sozinhos

Getty Images
Getty Images

O Uber tem avançado nas suas tentativas de colocar carros que dirigem sozinhos em sua frota. A empresa anunciou uma nova pesquisa, em conjunto com a Universidade do Arizona, focada em mapeamento e ótica – dois elementos essenciais para veículos que não precisam de motoristas.

A parceria fará com que os funcionários do Uber trabalhem com os pesquisadores da universidade especializados em design de lentes para melhorar as imagens que eles capturam para fazer um mapeamento melhor e assegurar que as funcionalidades dos carros sejam as mais seguras possíveis. A empresa também faz testes de seus veículos em Tuscon, no Arizona, e como parte do projeto doará US$ 25.000 para a universidade local College of Optical Sciences.

LEIA TAMBÉM: “Seria interessante ao Rio de Janeiro vivenciar o Uber durante a Olímpiada 2016″, afirma especialista em internet

A novidade coincidiu com uma ordem do governador do Arizona, Doug Ducey, de apoiar testes e operações de carros que dirigem sozinhos no estado. “Nossa administração tem focado em ajudar empresas do século 21, como o Uber, a crescer no estado. O anúncio de hoje prova que tem dado certo”, disse o político em sua declaração. “Todos no Arizona se beneficiam ao abraçar novas tecnologias – especialmente se isso significa a criação de novos empregos, desenvolvimento da economia, oportunidade de pesquisa e opções de transporte”.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).