Negócios

Xuxa é sócia da maior rede de clínicas de depilação a laser do país

Blad Meneghel

Blad Meneghel

Com um programa previsto para estrear na TV Record em agosto, Maria da Graça Xuxa Meneghel chega aos 52 anos disposta a também fortalecer e diversificar seu papel como empresária. Primeiro, foi a Casa X, rede de bufês de festas infantis que remete ao universo da Rainha dos Baixinhos, que tem ao lado do empresário paulista José Carlos Semenzato, presidente da SMZTO, holding multissetorial de franquias que também administra outros negócios como o L’Entrecote de Paris, Instituto Embelleze, Mixirica e Yakisoba Factory.

Agora, Xuxa acaba de se tornar sócia da Espaçolaser, clínica de estética especializada em depilação a laser, que tem 46 unidades em operação em nove estados e fatura R$ 60 milhões ao ano. Até o momento, a rede, que acredita ser a maior do país nesse tipo de serviço, já promoveu 1 milhão de procedimentos. Fundada em 2002 por Ygor Moura e Paulo Iász de Morais, ela agora tem como sócios a SMZTO e a artista. O quarteto ambiciona chegar a 300 unidades em cinco anos, quando a receita deve atingir os R$ 800 milhões. “Estou muito otimista. Apesar do momento econômico, o segmento de saúde e bem-estar vai bem”, conta Morais.

Para este ano, a expectativa é abrir mais 20 unidades (entre próprias e franquias). Esse tipo de negócio apresenta grande potencial de crescimento no Brasil, acreditam os sócios, ao citarem que nem 5% dos clientes em potencial foram conquistados. Seguindo os passos dos Estados Unidos, país com grande oferta e também demanda por depilação a laser, há uma forte tendência de aumento de procura por esse procedimento no Brasil nos próximos anos. Inclusive do público masculino, que já representa três a cada dez interessados no procedimento.

“A mudança de visual aumenta a autoestima das pessoas. Fui apresentada à clínica como uma nova oportunidade de negócio pelo meu sócio Semenzato, achei o projeto fantástico e resolvi investir”, conta Xuxa. Quem procurou Semenzato, por sua vez, foi Moura. “Pensei que se eu não dominasse territorialmente esse mercado, alguém iria. Diante do nosso crescimento de dois dígitos por ano, a expansão por meio de franquias pedia alguém experiente nisso”, explica.

Já a chegada de Xuxa, cuja imagem estampará a entrada de todas as lojas, tende a chamar a atenção dos consumidores. Com espaço publicitário na Record, há chances de a artista ainda divulgar o tratamento de beleza na tevê.

Hoje, os pacotes de depilação a laser têm, em média, dez sessões. Com preço de R$ 300 por sessão, o custo é de R$ 3 mil e o parcelamento pode ser feito em até 18 vezes. A maior procura é por meia perna (do joelho para baixo), virilha e axilas. “O investimento se paga de 1,5 a dois anos, quando comparado ao custo da depilação a cera, e o beneficio é para a vida toda”, garante Moura.

Além do foco no Brasil, os sócios vislumbram internacionalizar o negócio. No primeiro semestre de 2016, eles devem testar o modelo ao redor de Miami, a partir da abertura de quatro unidades. O primeiro passo para, quem sabe, expandir para outras regiões dos Estados Unidos.

Comentários
Topo