Negócios

Bilionário egípcio recruta voluntários para ajudar refugiados

247562_177981038926492_6003667_n

Reprodução/ Facebook

O bilionário egípcio Naguib Sawiris, que esboça planos de comprar uma ilha na Grécia ou Itália para abrigar refugiados de conflitos do Oriente Médio, postou um pedido pelo Twitter para as pessoas que pretendem ajudá-lo em sua missão. “Todos que se propuseram a se voluntariar ou ajudar a criar a ilha, por favor, mandem um e-mail com sua proposta de contribuição para proposals@otmt.com”, publicou Sawiris, em inglês.

SAIBA MAIS: Bilionário egípcio confirma proposta de compra de ilha para abrigar refugiados

Presidente da operadora de telecomunicações Orascom Telecom, o bilionário é atualmente o terceiro homem mais rico do Egito, com uma fortuna estimada em US$ 2,8 bilhões. Ele diz possuir os recursos necessários para concretizar seus planos.
Além do dinheiro, Sawiris disse que também tem experiência em infraestrutura e logística para o desenvolvimento de novas terras.

VEJA TAMBÉM: 5 maiores filantropos dos EUA

O primeiro anúncio do empresário sobre suas intenções humanitárias ocorreu na última quinta-feira (3) por meio de um post no Twitter, que viralizou rapidamente pelas redes sociais e ganhou destaque em veículos de comunicação de diversos países. “Grécia ou Itália, me vendam uma ilha e declarem sua independência para abrigar imigrantes e proporcionar trabalho no desenvolvimento do novo país”, escreveu, na publicação.

LISTA: 20 maiores bilionários do mundo em 2015

Sawiris não é o único que pretende ajudar os refugiados. O turco Hamdi Ulukaya, fundador da marca de iogurtes Chobani, afirmou que pretende doar metade de sua fortuna de US$ 1,32 bilhão para ajudar os fugitivos de guerra. A ação faz parte da iniciativa The Giving Pledge, criada por Bill Gates e Warren Buffett, que incentiva pessoas muito ricas a doarem parte significativa de suas fortunas.

Comentários
Topo