Negócios

Bilionário norueguês oferece 5.000 diárias em seu hotel de luxo a refugiados

Petter Stordalen - Reprodução FORBES

Reprodução/ FORBES

O bilionário Petter Stordalen anunciou que pretende doar 5.000 estadias em seu hotel de luxo para abrigar os refugiados que chegam à Noruega em busca de asilo.
Stordalen, dono da maior rede de hotéis de todo o território escandinavo, a Nordic Choice Hotels, contou a FORBES que, só nas últimas semanas, já recebeu pelo menos 50 imigrantes em um de seus estabelecimentos noruegueses, o Quality Hotel Airport.

“O mundo está vivendo a maior crise humanitária desde a Segunda Guerra Mundial. É impossível não se sensibilizar com as tragédias que estão acontecendo no Oriente Médio”, afirma o executivo.

VEJA TAMBÉM: Bilionário egípcio recruta voluntários para ajudar refugiados

O bilionário, que possui um patrimônio estimado em US$ 1,5 bilhão, conta que a sua proposta inicial de doação foi feita em abril, durante uma entrevista a um canal de televisão norueguês sobre a crise dos refugiados pela Europa.

“Na semana passada, a oferta se concretizou quando o diretor da imigração me ligou para contar sobre a dificuldade que ele estava tendo em encontrar um lugar para abrigar 50 pessoas que haviam chegado da Síria”, contou Stordalen, que, na mesma noite, reservou quartos em seu hotel para abrigar o grupo.

LISTA: 20 maiores bilionários do mundo em 2015

De acordo com o bilionário, a preocupação dos refugiados com os terroristas do Estado Islâmico é legítima. Ele afirma, ainda,que ele e seus funcionários estão trabalhando em parceria com a polícia para ajudar essas pessoas a encontrarem um lugar para dormir. “Eles não podem ficar nas ruas.”

Ainda segundo o executivo, os refugiados que já se hospedaram em seu hotel também ganharam refeições e foram tratados como hóspedes regulares. “Quando acordam, eles são levados pela polícia para fazer o registro de seus documentos e passar por consultas médicas. Alguns deles chegam a dormir no hotel por algumas noites”, completou.

De acordo com a Organização Internacional de Migrações (OIM), neste ano mais de 350.000 imigrantes já cruzaram o Mediterrâneo com destino à Europa.

A Noruega foi alvo, só em agosto, de cerca de 2.300 solicitações de asilo vindas do Oriente Médio, o que equivale ao maior número de demandas que o país já recebeu em um mês desde os anos 1990. Segundo dados da Imigração da Noruega, a UDI, o número de pedidos pode chegar a 16.000 em 2015.

NEGÓCIOS: Bilionário egípcio confirma proposta de compra de ilha para abrigar refugiados

“A única coisa que está ao meu alcance é ajudar essas pessoas com um lugar para dormir”, afirma Stordalen.

Comentários
Topo