Negócios

Nova tecnologia transforma fotografias em obras de arte

algaritimo-arte---div

Divulgação

Recentemente, pesquisadores da Universidade de Tübingen, na Alemanha, desenvolveram um novo algoritmo capaz de transformar fotografias em verdadeiras obras de arte de grandes pintores, como Van Gogh e Picasso.

O novo programa é considerado uma tecnologia que pretende “revolucionar” o mundo das artes por traduzir imagens em traços de pinturas. Segundo os pesquisadores, isso é feito a partir de combinações e ajustes de detalhes que resultam em obras artísticas.

TECNOLOGIA: Grandes empresas de tecnologia se unem para criar novo formato de vídeo

O algoritmo, tecnicamente chamado de “mecanismo de aprendizagem profunda”, já é usado por grandes empresas do setor tecnológico, como o Google, para o reconhecimento e análise de ilustrações e relíquias de arte.

Para anunciar a nova tecnologia ao público, os desenvolvedores do programa divulgaram uma fotografia de apartamentos europeus à margem de um rio, transformada em pintura com traços de obras do norueguês Edvard Munch e do holandês Van Gogh, conhecidas como “O Grito” e “A Noite Estrelada”, respectivamente.

Em artigo publicado pelos pesquisadores, eles afirmaram: “Aqui nós introduzimos um sistema artificial com base em uma rede neural profunda que cria imagens de alta qualidade perceptual”.

CONHEÇA TAMBÉM: 5 apps para suas fotos do celular profissionais

Ainda segundo os estudiosos, a união de estilo e conteúdo ainda está em desenvolvimento, pois “quanto mais fiel à imagem ao estilo da obra de arte, mais chances do conteúdo original sair distorcido”. Além disso, por enquanto, a capacidade das máquinas se limita em cópias de modelos e estilos de pinturas já existentes.

Comentários
Topo