Negócios

Startup de meditação recebe investimento de US$ 30 milhões

iStock

iStock

A Headspace, uma startup de meditação e bem estar mental, arrecadou US$ 30 milhões para se desenvolver. Dentre os contribuintes, estão The Chernin Group, Advancit Capital, Allen & Company, Breyer Capital, a cofundadora da Honest Company Jessica Alba, o ator e cantor Jared Leto, a personalidade de TV Ryan Seacrest e o CEO do LinkedIn Jeff Weiner. O plano é contratar mais engenheiros e criadores de conteúdo.

FOTOS: 7 gurus da ioga para seguir no Instagram

A Headspace tem três milhões de usuários em mais de 150 países. É possível utilizar o aplicativo de duas formas, de acordo com o CEO Sean Brecker. “Há aqueles que usam o produto quando estão estressados, com problemas no relacionamento ou uma semana antes de um jogo de golfe, por exemplo”, explicou. “O outro grupo usa o produto de forma regular, de quatro a cinco vezes por semana. É uma rotina, assim como algumas pessoas vão para a academia.”

A startup ganha dinheiro com a venda de assinaturas para meditações guiadas. No entanto, qualquer um pode testar o serviço de graça por meio do programa “Take 10”, que oferece sessões de dez minutos de meditação guiada.

VEJA TAMBÉM: Empresa lança pulseira que mede estresse e incentiva meditação

Não há limites para a quantidade de vezes em que é possível ouvir as sessões grátis, mas se você for um meditador dedicado, o conteúdo pode não ser o suficiente. O acesso a centenas de horas de conteúdo – que vão de temas como estresse e criatividade a relacionamentos e felicidade – é possível através de assinaturas. São quatro planos que custam de US$ 12,95 por mês até US$ 419,95 parcela única.

Comentários
Topo