Negócios

Venda de vinil ultrapassa lucro de serviços digitais nos EUA

Istock

Istock

Uma nova pesquisa realizada pela Recording Industry Association Of America (RIAA) concluiu que as vendas de vinil no primeiro semestre deste ano renderam mais do que YouTube, a versão gratuita do Spotify e VEVO juntos.

Foram US$ 222 milhões em vendas de discos contra US$ 163 milhões arrecadados nos outros meios, de acordo com as informações da associação. Segundo ela, as vendas de LPs nos Estados Unidos entre janeiro e março deste ano foram 53% maiores do que no mesmo período do ano passado. Lançamentos atuais no formato também apresentaram um bom desempenho, com aumento de 37% no primeiro trimestre, em comparação a 2014.

VEJA TAMBÉM: 10 rappers mais bem pagos de 2015

Sob uma perspectiva ainda maior, as vendas de discos cresceram 260% desde 2009, com as vendas unitárias subindo para 9,2 milhões no ano passado contra 6,1 milhões em 2013.

Outro indicador desta alta e do potencial ainda maior de expansão é a quantidade de fábricas de vinil que surgem todos os meses no país.

Comentários
Topo