Negócios

App de maconha nos EUA combina Uber e Tinder

high-there-hopper-21

No começo de 2014, o estado do Colorado, nos Estados Unidos, liberou o uso recreativo da maconha. Só não é permitido em lugares públicos, como rua, praças e restaurantes. Atrás de pessoas que não têm um bom lugar para usar a erva, uma startup lançou o High There, uma espécie de fusão entre Uber e Tinder para quem quiser consumia a cannabis.

LEIA MAIS: Descubra qual a melhor alternativa para o WhatsApp

O aplicativo permite que pessoas se conheçam sem que haja vergonha ou restrição do uso da maconha logo no primeiro encontro. Com um visual semelhante ao do app Tinder, o usuário pode selecionar opções de como gosta de fumar, bebendo algo para acompanhar, trocar experiências entre outras opções. As sensações pós-uso da droga podem também ser registradas no app, que, por meio de um algoritmo, selecionará outras pessoas que mais combinam com seus dados.

A parte do Uber é que o encontro acontece em um pequeno ônibus para 20 passageiros. Adultos maiores de 21 anos podem ingressar no veículo de forma gratuita para os encontros e, claro, fumar. Um mapa será utilizado para mostras os usuários a rota designada e os possíveis pontos de parada. Uma vez funcionando, os usuários poderão ver o carro em circulação pela cidade e reservar um lugar para um certo trajeto.

VEJA TAMBÉM: Uber lança serviço que pode fazer papel do ônibus em Seattle

“ O veículo combina dois elementos tecnológicos inovadores em busca de melhoria de vida aos consumidores de cannabis em Denver. É uma forma gratuita, divertida e responsável”, promove o CTO do High There, Mitch Lane.

Comentários
Topo