Negócios

Ford gastará US$ 4,5 bilhões para lançar 13 veículos elétricos até 2020

Reprodução

Reprodução

A Ford Motor anunciou que irá apresentar 13 veículos elétricos até 2020. Atualmente, a montadora vende versões elétricas, híbridas e híbridas plug-in dos sedãs Focus, Fusion, C-Max e Lincoln MKZ. O CEO Mark Fields diz que o objetivo é que 40% de suas ofertas globais tenham versões elétricas até este ano, contra os 13% atuais. O valor da operação está estimado em US$ 4,5 bilhões adicionais.

LEIA TAMBÉM: Apple pretende apresentar carro elétrico próprio em 2019

A empresa planeja introduzir um Focus sedã atualizado no ano que vem, com capacidade de recarregar rapidamente e alcance de quase 160 km por carga, mais do que os 122 km de alcance do atual. Além disso, pretende que o sedã híbrido Mondeo e o híbrido plug-in C-Max Energi cheguem à China no ano que vem.

E MAIS: Porsche e Audi apresentam seus carros elétricos

A empresa também anunciou que mudará seu foco dos veículos em si para a experiência dos clientes. “Estamos usando novos pensamentos de antropólogos, sociólogos, economistas, jornalistas e designers, junto com técnicas tradicionais de negócios, para repensar o processo de desenvolvimento de nossos produtos, criar novas experiências e tornar a vida de milhões de pessoas melhor”, disse o vice-presidente executivo de desenvolvimento de produto da Ford, Raj Nair, por meio de um comunicado.

Comentários
Topo