Negócios

Bilionário doa US$ 500 mil para campanha de legalização da maconha nos EUA

O bilionário da tecnologia e ex-presidente do Facebook, Sean Parker, doou US$ 500.000 em apoio a uma iniciativa de legalização da maconha para o uso adulto e recreativo na Califórnia. A divulgação foi feita por meio dos registros de financiamento das campanhas, apresentadas na última quinta-feira (7).

Em novembro de 2015, o empresário já havia anunciado seu interesse pelo assunto. “É muito encorajador ver uma comunidade de ativistas que dedicam suas vidas a esta questão”, disse Parker.


VEJA TAMBÉM: Polícia queima R$ 24,3 milhões em maconha na Austrália

Na Califórnia, para os adultos de 21 anos ou mais, é legal portar, usar e comprar até, aproximadamente, 28 g de maconha, sob um imposto de 15% sobre as vendas. Analistas legislativos preveem que, com a legalização, o faturamento seria maior do que US$1 bilhão, apenas em receitas fiscais. Na última quarta-feira (6), o procurador geral do estado abriu uma campanha que agora precisa de mais 365.880 assinaturas. Assim, o assunto seria levado à eleição geral.

Os fundos de Parker foram direcionados à recém-formada comissão “Californians To Control Regulate And Tax Adult Use Of Marijuana While Protecting Children” (“Aos californianos, controle, regulamentação fiscal para o uso adulto da maconha, com proteção às crianças”, em tradução livre). O grupo recebeu US$ 1,25 milhão em doações iniciais.

E MAIS: 15 maiores bilionários do Brasil

Em 2014, durante as eleições da Califórnia, Parker doou US$ 1 milhão para uma empresa de projetos e infraestrutura relacionadas à água. Ele também compartilhou de sua fortuna com alguns candidatos republicanos e democratas. Em junho de 2015, foi lançada a Fundação Parker, que destina US$ 600 milhões para o financiamento de ciência, saúde global e engajamento cívico.

Sean Parker

Comentários
Topo