Negócios

China terá primeira loja dos Simpsons do mundo

Joyrich

Joyrich

Na última sexta-feira (27), a 20th Century Fox anunciou que a família Simpsons não mais encantará apenas nas telas de televisão, mas, a partir de março, também nas ruas de Pequim. Em junho, a rede abrirá uma unidade em Xangai. A intenção é chegar a mais de 100 lojas de nível mundial, disse à imprensa o CEO da 20th Century Fox Consumer Products, Jeffrey Godsick.

LEIA MAIS: Jogar videogame pode ser uma profissão

As duas futuras unidades serão próprias e ocuparão um espaço de 250 m² e contarão com linhas de mais de 200 produtos temáticos. Dentre eles, roupas, acessórios, telefones e artigos de papelaria Simpsons estão inclusos.

Godsick revelou que o plano é manter de 20 a 50% de todas as mercadorias Simpsons exclusivas nas lojas. “Continuaremos projetando produtos de consumo para cada um de nossos filmes e programas de televisão e fazer a nossa marca crescer, individualmente”, disse.

VEJA TAMBÉM: Belo Horizonte ganha primeira casa noturna em contêineres do Brasil

Os Simpsons foi proibido na China de 2006 ao ano de 2014. O fato foi consequência de um episódio em que o personagem Homer visitou a China e o Partido Comunista Chinês o considerou como um insulto. Hoje, a transmissão do desenho é de responsabilidade da emissora Sohu e, desde a liberação, teve seu sucesso multiplicado.

A linha de moda em comemoração aos 25 anos dos Simpsons, em colaboração com Joyrich, esgotou em tempo recorde no país asiático. Foi este o principal motivo para que a FOX escolhesse inaugurar a primeira loja temática na China, e não nos Estados Unidos.

Comentários
Topo