Negócios

Google estuda carregadores sem fio para carros autônomos

google

A criação dos carros auto-condutores vem para inovar completamente o mundo automotivo e simplesmente revolucionar a ideia que se tem sobre segurança e conforto. No entanto, este conceito não faria tanto sentido se houvesse a necessidade de ligar e desligar o carro de sua fonte de energia, já que o mantra do carro autônomo é: manter as mãos livres. O Google, então, revelou estar estudando um dispositivo que fará com que o veículo ganhe carga a partir de um carregador sem fio.

A novidade acontecerá por indução magnética ressonante e, móvel, poderá estar a bordo no veículo. Um bom exemplo é o carregador indutivo de smartphones, não precisa de fios, nem de um lugar próprio para acontecer: o carro apenas precisará estar estacionado sobre um pavimento semelhante a tampa de um bueiro e, assim, a transferência de energia poderá acontecer.

VEJA TAMBÉM: Novo Ford GT tem análise de capacitação para compradores

O Google não é o primeiro a pensar nisso, a Nissan já apresentou ao mercado um carregador indutivo em novembro de 2015. Mas o objetivo final sempre é revolucionar ao máximo o que, neste caso, significa chegar a um carregador capaz de cumprir sua função com o carro em movimento. Como consumidores, o que se sabe é que alta tecnologia será uma característica padrão dos futuros carros elétricos e autônomos.

Comentários
Topo