Negócios

Google perdeu mais de US$ 3,5 bi em carros, robôs e outras apostas em 2015

Getty Images

Getty Images

O Google revelou pela primeira vez na segunda-feira (1) que está perdendo bilhões de dólares anualmente em muitas de suas grandes apostas, que vão de internet de alta velocidade e dispositivos inteligentes para casas da marca Nest a projetos robóticos e carros autônomos.

A gigante de Internet, que superou a Apple e se tornou a empresa mais valiosa do mundo, gerou menos de meio milhão de dólares em 2015 com vendas de “outras apostas”, categoria que abrange os investimentos arriscados que vão além de seus produtos de internet, mas perdeu mais de US$ 3,5 bilhões investindo nestas áreas.

A maioria das vendas destas apostas vieram das marcas Nest, Fiber (serviço de internet de alta velocidade do Google) e Verily (sua divisão de ciências da vida), de acordo com comentários da empresa. A Fiber também foi a que gerou mais despesa, pois o Google atravessa o processo custoso de criar infraestrutura para isso em várias grandes cidades.

VEJA TAMBÉM: YouTube poderá ter vídeos de realidade virtual ao vivo, diz reportagem

Os números dos investimentos nas apostas da empresa que não haviam sido revelados anteriormente foram divulgados como parte dos ganhos do Google. As novas revelações são um resultado da decisão da companhia de remodelar drasticamente sua estrutura operacional no final do ano passado e criar uma nova empresa holding chamada Alphabet.

Em uma conferência com analistas na terça-feira (2), a CFO da Alphabet Ruth Porat explicou os grandes investimentos com uma citação de seu chefe, o fundador do Google Larry Page: “Incrementalismo leva a irrelevância ao longo do tempo.”

Google e Page têm há muito tempo um apetite insaciável por investimentos de longo prazo em categorias de risco que parecem ter pouco ou nada a ver com seu negócio principal. Investidores toleraram isso principalmente porque a ferramenta de busca tem sido muito lucrativa há anos, mas muitos queriam saber mais sobre estas despesas e retornos periféricos.

LEIA: Apple não é mais a empresa mais valiosa do mundo

A Alphabet não forneceu uma discriminação de ganhos e perdas para divisões específicas como a Calico, sua operação de pesquisa de prolongamento da vida, ou o Google Capital e o GV, seus braços de capital de risco. Em vez disso, colocou tudo sob a categoria “outras apostas”.

Felizmente, o Google é uma empresa que quase literalmente imprime dinheiro. Os produtos principais da companhia, que atualmente incluem busca, anúncios, YouTube e Android, entre outros serviços chave de internet, superam as expectativas de Wall Street com ganhos de US$ 8,67 por ação em vendas de US$ 21,32 no trimestre de férias de 2015. Na conferência, Porat disse que a receita do Google se beneficiou do “crescente uso de buscas por dispositivos móveis por consumidores.”

Comentários
Topo