Negócios

Twitter ganha nova linha do tempo

iStock

iStock

Os novos algoritmos do Twitter chegaram. A empresa lançou uma atualização hoje (10) que torna oficial o tão comentado novo design da linha do tempo. A nova ferramenta, que está disponível no aplicativo e no site do Twitter, mostrará tuítes que serão classificados com base em relevância, mais do que em cronologia, no topo de sua linha do tempo.

Ainda que esta seja uma atualização importante para o Twitter, não significa o fim da linha do tempo de cronologia reversa, que tem sido uma das ferramentas típicas da empresa, apesar dos temores de usuários críticos.

A mudança é estritamente facultativa – pelo menos até agora. Atualmente você não verá a ferramenta a não ser que a ative manualmente nas configurações de sua conta. Isto irá, no entanto, mudar em algum momento nas próximas semanas. Após a ferramenta estar disponível por tempo suficiente para as pessoas se acostumarem a ela, a empresa irá ativá-la para todos. Porém, os usuários continuarão tendo a opção de desligá-la em suas configurações.

LEIA TAMBÉM: Twitter cria mais recursos para perfis de celebridades

A mudança tem visual semelhante aos testes anteriores, que agora terminaram. Se você ativar o “mostre-me primeiro os melhores tuítes”, você verá cerca de uma dúzia de tuítes não cronológicos no topo de sua linha do tempo toda vez que abrir o app. Porém, sua linha do tempo em si não terá visual muito diferente e atualizá-la irá remover os tuítes não cronológicos.

Exatamente quantos tuítes aparecem no grupo de “melhores” varia de usuário para usuário, ainda que seja provavelmente baseado no número de pessoas que você segue. O Twitter não disse oficialmente quais fatores são levados em conta para determinar quais tuítes “você provavelmente gostará mais”, ainda que o gerente de engenharia sênior Mike Jahr tenha dito no anúncio de hoje que eles têm o objetivo de representar “os tuítes mais importantes das pessoas que você segue.”

Se isso soa semelhante a “enquanto você esteve fora”, uma ferramenta separada que busca recapitular tuítes que você pode ter perdido entre as sessões, é porque realmente é. Porém, apesar de suas similaridades, o “enquanto você esteve fora”, que o Twitter lançou há mais de um ano, não deve ir longe.

VEJA: Jack Dorsey, CEO do Twitter, dá um terço de suas ações da empresa aos funcionários

Há ainda outra distinção: “enquanto você esteve fora” ainda é reservado para recapitular tuítes quando você passa significativos períodos de tempo sem entrar, e nem sempre aparece no topo de sua linha do tempo. A ferramenta “melhores tuítes primeiro”, no entanto, aparecerá no topo toda vez que você abrir o site. Isso porque continua a priorizar os tuítes mais recentes, então os que aparecem no topo ainda estarão entre os mais recentes de sua linha do tempo (mais do que uma amostra das últimas horas).

Se há uma crença para empresas de mídias sociais, é que elas nunca devem parar de experimentar, não importando quantas pessoas reclamem. Assim como o Facebook continua mudando seu feed de notícias, o Twitter irá provavelmente continuar a fazer ajustes nas linhas do tempo dos usuários. A extensão dessas mudanças irá depender, pelo menos em parte, de como os usuários e os investidores respondem.

O movimento não poderia vir em um momento mais crítico para o Twitter. As ações da empresa têm caído nas últimas semanas.

E MAIS: Quem tuíta pelo celular é mais egocêntrico, diz estudo

A empresa ter revelado a ferramenta muito comentada um dia após lançar um novo produto de publicidade que permite que anunciantes comprem uma posição no topo das linhas do tempo (e horas antes de reportar seus lucros) é dificilmente uma coincidência. Se alguns tuítes separados por algoritmos serão o suficiente para mudar a posição da empresa é outra questão. A equipe de marketing, ao menos, parece estar cuidadosamente otimista, ainda que o resto do Twitter pareça prever seu iminente falecimento.

Comentários
Topo