Negócios

Amazon diz que vai passar a aceitar selfies como meio de pagamento

Amazon-3-getty

Na última quinta-feira (10), a Amazon publicou a criação de uma câmera capaz de reconhecer o rosto de seus usuários e, ao mesmo tempo, verificar se estes são reais, através de uma ação – como um piscar de olhos, por exemplo. Isso permitirá que os clientes efetuem transações com selfies. Isso mesmo! O site quer ter certeza que é cliente mesmo que está fazendo as compras online.

As negociações sobre as tecnologias de segurança, como esta, dificultam um pouco a materialização da filosofia do “fazer compras com apenas um clique”. É possível que alguém consiga hackear sua senha da Amazon, por exemplo. Mas será quase impossível que ladrões usem o seu reconhecimento facial para isso.

VEJA MAIS: 20 maiores bilionários de tecnologia

A Amazon também diz procurar desfazer o incômodo de digitação de senhas nos pequenos teclados dos dispositivos móveis. Eles afirmam que é muito mais prático disponibilizar a câmera do telefone celular e inclinar a cabeça para a direita, por exemplo, em comparação a digitação de grandes palavras, números, símbolos, letras minúsculas e maiúsculas.

A mudança sugere que a tecnologia possa ser usada em uma série de dispositivos, incluindo desktops, laptops, telefones e tablets. Isso poderia dissuadir os hackers, assim como as pessoas menos responsáveis na hora das compra. As crianças são um bom exemplo disso. Elas precisariam da permissão de seus pais para fazer uso de “brinquedos” como estes.

E MAIS: 12 curiosidades que você não sabia sobre os bilionários

Pelo mesmo caminho, a Mastercard também anunciou, recentemente, o lançamento de seu próprio “pay selfie”, que permitirá que os titulares dos produtos MasterCard façam pagamentos móveis através da tecnologia do reconhecimento facial. Ao que parece, a humanidade tem mesmo se movido em direção a um futuro onde as selfies não serão mais apenas contemplativas, mas também componentes de segurança no mundo do comércio moderno.

Comentários
Topo