Negócios

Como Kim Kardashian gerencia seu dinheiro

Quando Kanye West, marido de Kim Kardashian e melhor usuário do Twitter do planeta, revelou no microblog que tinha uma dívida de US$ 53 milhões (e, depois, voltou atrás e disso que não estava realmente em dívida e ainda tinha dinheiro suficiente para comprar casacos de pele para sua família), muitos se perguntaram o que isso significava em relação às finanças de Kim.

Tuíte Kanye West

“Eu escrevo isso para vocês meus irmãos enquanto continuo com 53 milhões de dólares em dívidas pessoais… Por favor rezem para que a gente supere… Esse é meu verdadeiro coração…” (Reprodução/Twitter)

Porém, uma coisa é certa: Kim Kardashian está se saindo bem financeiramente. Melhor do que bem, na verdade. Reportagens nesta semana alegam que Kim ganhou US$ 80 milhões com seu jogo mobile. Isso provavelmente não é verdade. Porém, ela ainda tem bastante dinheiro no banco e ela é, claramente, inteligente com suas finanças.

Veja as melhores decisões financeiras de Kim, contadas por letras de Kanye West:

”We made a million a minute, we made a million a minute, ah!” (“nós ganhamos um milhão em um minuto, nós ganhamos um milhão em um minuto, ah!”, em tradução livre)

Kim monetizou sua fama melhor do que qualquer outra pessoa. Ela é, sem dúvida, o membro mais valioso da família Kardashian, que entrou no vocabulário da cultura pop através da presença do patriarca Robert Kardashian entre os advogados de O.J. Simpsons durante seu julgamento, em 1994, por ter alegadamente assassinado sua esposa, Nicole Brown Simpson.

Porém, a família transformou a fama do tribunal – e do vazamento subsequente de um vídeo de sexo de Kim em 2007 – em um império, consolidando seu status com um acordo de US$ 100 milhões com o canal de televisão “E!”, no ano passado, para manter seu reality show “Keeping Up with the Kardashians” no ar por pelo menos mais quatro anos.

Em 2014, apenas Kim ganhou US$ 28 milhões, graças a seu pagamento por “Keeping Up with the Kardashians”, aparições no programa de televisão “Khloe Take the Hamptons” de sua irmã, receita da loja de roupas DASH (negócio original da família) e uma variedade de produtos da marca Kardashian.

VEJA TAMBÉM: Sites de irmãs Kardashian expõe dados pessoais de quase 900.000 usuários

Porém, esses US$ 28 milhões parecem pouco em comparação aos seus ganhos de 2015, que subiram para US$ 52,5 milhões e a levaram para a 33ª posição da lista anual de celebridades mais bem pagas da FORBES.

O aumento por causa de seu segundo jogo mobile, “Kim Kardashian: Hollywood”, que correspondeu a mais da metade de seus ganhos de 2015. Porém, apesar de muitas reportagens terem dito que o jogo rendeu a ela cerca de US$ 80 milhões, a FORBES estima que ela ganhou, provavelmente, apenas metade disso ao longo dos dois anos desde que o jogo foi lançado.

Seus ganhos de 2016 serão provavelmente ainda mais altos, com a adição de outro aplicativo de muito sucesso (“Kimoji”, uma linha de emojis temáticos de Kim Kardashian que atingiu o número um em downloads na Apple Store na ocasião do lançamento).

”Let the champagne splash, let that man get cash” (“deixe a champanhe estourar, deixe aquele homem ganhar dinheiro”)

Além dessas fontes de renda, Kim também ganha dinheiro ao realizar algumas de suas atividades favoritas: ir a eventos de tapete vermelho e postar selfies. Sim, ela literalmente lucra com tudo.

Ao que tudo indica, o livro de selfies de Kim, intitulado “Selfish”, vendeu 125.000 cópias. Ainda que o lucro provavelmente não tenha chegado perto do de seus jogos, ela certamente ganhou um pouco de dinheiro com o livro.

LEIA: Irmãs Kardashian lançam apps e sites com conteúdos exclusivos

Ela também recebe pagamentos por merchandising em redes sociais, com seus 63,2 milhões de seguidores no Instagram e 41,6 milhões no Twitter. A “New York Magazine” reportou que ela cobra US$ 10.000 por tuíte para divulgar produtos.

Porém, sua monetização de redes sociais já causou problemas: reguladores dos Estados Unidos ordenaram que Kim excluísse um post patrocinado no Instagram de um remédio para gripe porque a postagem era “enganadora” e “falhava em comunicar qualquer risco” associado ao uso do remédio.

Enquanto beber champanhe provavelmente faz você gastar dinheiro, isso significa salário para Kim. Em 2014, ela ganhou mais dinheiro com aparições em festas e eventos do que com o reality show.

”If you ain’t no punk holla we want prenup” (“se você não for otário, nós queremos pré-nupcial”)

Ainda que Kanye West já tenha feito uma música sobre mulheres interesseiras, ninguém pode acusar Kim de ser uma. Ela ganha seu próprio dinheiro e, aparentemente, mantém seus ganhos longe das mãos de seu marido.

Antes de se casar com o jogador de basquete Kris Humphries em uma extravagante cerimônia em 2012, os advogados de Kim elaboraram um acordo pré-nupcial para proteger seus bens – ela era quem ganhava melhor no casamento, pois Humphries faturava algo entre US$ 8 milhões e US$ 16 milhões.

MAIS DICAS: 10 lições das Kardashians para ter sucesso nos negócios

Este acordo mostrou-se útil 72 dias depois, quando Kim pediu o divórcio e contratou a famosa advogada de Hollywood Laura Wasser para manter seu dinheiro longe das mãos de Humphries. O atleta pediu US$ 7 milhões de Kim, mas, de acordo com o “TMZ”, ele aparentemente não ganhou nada.

Quando Kim se casou com Kanye West em 2014, outro acordo pré-nupcial foi preparado, de acordo com o jornal “New York Daily News”. No entanto, West aparentemente ganha mais dinheiro do que Kim, com patrimônio líquido de US$ 180 milhões em 2015. Com as notícias sobre Kanye West estar ou não em dívida, uma fonte anônima disse à revista “People” que as estrelas mantêm contas bancárias separadas.

”Having’ money’s not everything, not having it is” (“ter dinheiro não é tudo, não ter dinheiro é”)

Apesar de Kim amar Givenchy, Balmain e outras marcas de luxo, ela é aparentemente muito inteligente sobre como gasta seu dinheiro. Em uma entrevista em 2015 para o portal de notícias “MarketWatch”, Kim explicou que ela sabe o valor de um dólar e controla seus gastos para preservar seu futuro financeiro.

LEIA MAIS: O império de US$ 28 milhões de Kim Kardashian

Kim diz que seus pais a ensinaram sobre crédito, como equilibrar o saldo bancário e como economizar. “Eu sou econômica em tantas coisas. Eu observo tudo. Eu diria que eu sou muito regrada”, disse Kim. “Sabe, eu pensava que quanto mais dinheiro eu ganhasse, mais eu gastaria. E acontece o oposto. Quanto mais dinheiro eu ganho, mais eu quero economizar.”

É por isso que, quando West queria construir uma quadra de basquete em sua casa, Kim vetou. “Eu acho que nós respeitamos muito a opinião do outro. Nós conversamos de verdade sobre tudo. Nós realmente tivemos de tomar a decisão de esperar para construir a quadra de basquete”, disse ao “MarketWatch”. “Nós estamos reformando nossa casa agora, então não é um orçamento livre para tudo.”

Comentários
Topo