Negócios

Com mais US$ 4 bi, Zuckerberg se torna 6º mais rico do mundo

Mark-Zuckerberg- getty

VEJA TAMBÉM: 20 CEOs mais poderosos abaixo dos 40 anos

O posicionamento positivo do mercado em relação ao Facebook no primeiro trimestre de 2016 multiplicou os lucros de Mark Zuckerberg em mais de US$ 4,2 bilhões. Com isso, o CEO é hoje a sexta pessoa mais rica do mundo, com uma fortuna estimada em US$ 51,7 bilhões.

Na última quarta-feira (28), as ações do Facebook subiram quase 10%, depois que a companhia anunciou que os valores de receita e lucro haviam superado as expectativas dos analistas. A receita desde o começo do ano foi de US$ 5,38 bilhões, quando as previsões eram de US$ 5,26 e foram impulsionadas pela publicidade móvel. O lucro líquido da rede social foi de US$ 1,51 bilhão, que equivale a uma alta de 195% desde o primeiro trimestre do ano passado.

E TAMBÉM: 13 bilionários simpáticos à maconha

Zuckerberg, Larry Ellison, CEO da Oracle, e Jeff Bezos, CEO da Amazon, estão todos em um mesmo patamar entre as dez pessoas mais ricas do mundo. Apenas alternam entre o quinto, sexto e sétimo lugar na lista dos bilionários de FORBES, na medida em que as ações de suas companhias sobem ou descem. Por fim, eles são os três bilionários que detêm a maior parte de suas fortunas nos estoques das próprias empresas, ou seja, podem ganhar ou perder bilhões de dólares em um curto período de tempo, de acordo com suas negociações.

E MAIS: 10 empreendedores falam sobre a importância de saber contar histórias

Essas movimentações, no entanto, podem derrubar um bilionário ou outro, como Zuckerberg fez ao se tornar a sexta pessoa mais rica do mundo. Ele tinha cerca de US$ 2 bilhões a menos do que Bezos, que é a quinta pessoa mais rica do mundo. Das dez primeiras pessoas da lista, Zuckerberg, aos 31 anos, é o mais jovem. A primeira vez em que ele apareceu na lista dos 400 norte-americanos mais ricos, foi em 2008, com um patrimônio líquido de US$ 1,5 bilhão, quando o Facebook ainda era uma companhia privada. Em 2012, então, quando houve a abertura de capital, as ações da companhia subiram mais 180% e Zuckerberg se tornou a quarta pessoa mais rica dos Estados Unidos.

Comentários
Topo