Negócios

Elon Musk planeja viagem a Marte até 2018

REUTERS/Mario Anzuoni/File Photo

REUTERS/Mario Anzuoni/File Photo

A SpaceX, empresa de transporte espacial do bilionário Elon Musk, anunciou nesta quarta-feira (27) que pretende lançar sua própria espaçonave a Marte até 2018. Esta é a meta mais ambiciosa já divulgada por uma companhia privada de aviação espacial, que, neste caso, é financiada por doações de bilionários.

RANKING: 70 maiores bilionários do mundo em 2016

A missão seria não tripulada, com o objetivo de mapear o planeta vermelho e calcular a possibilidade da instalação de uma colônia humana, disse Musk em sua conta no Twitter.

MAIS RANKING: 31 maiores bilionários brasileiros

De acordo com a Nasa, um foguete leva cerca de oito meses para chegar à órbita de Marte, viagem extremamente cara. A SpaceX, no entanto, quebrou recentemente os paradigmas do transporte espacial quando, em abril, a companhia pousou um foguete reutilizável em uma plataforma controlada por robôs. Isso faria com que as mesmas espaçonaves pudessem fazer viagens de ida e volta várias vezes, o que não acontece nos projetos atuais da agência espacial norte-americana.

VEJA MAIS: 20 CEOs mais poderosos abaixo dos 40 anos

A Nasa já anunciou sua própria missão a Marte. O objetivo da instituição governamental seria enviar pessoas ao planeta até 2030, mas, com os cortes orçamentários na pesquisa espacial anunciados pelo governo dos Estados Unidos, bilionários como Musk, Jeff Bezos, da Amazon, e Richard Branson, da Virgin, acabaram criando seus próprios fundos independentes para estudos.

Musk disse ainda que a Nasa ofereceria suporte técnico, como equipamentos para comunicação, mas que a missão continuaria sendo exclusiva da SpaceX.

E AINDA: Os bilionários que mais aumentaram a fortuna em 2015

Comentários
Topo